.

.

O diretor-executivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Jean Coelho, foi dispensado do cargo que ocupa desde maio de 2021. A informação foi revelada pelo colunista Lauro Jardim, do Jornal O GLOBO.

A demissão do segundo cargo mais importante da hierarquia da PRF foi publicada nesta terça-feira (31) no Diário Oficial, menos de uma semana depois do assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, asfixiado numa “câmara de gás” dentro de um camburão da corporação, no interior de Sergipe.

Coelho ocupou o cargo de superintendente da PRF em Santa Catarina e era o homem de confiança de de Silvinei Vasques, o diretor-geral da PRF. Até agora, ninguém foi escolhido para substituí-lo.