WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
escola de jiu jitsu

andressa fashion hair

rilker rodrigues

clube de campo gameleira

pro corpo academia

genilson reis fotografia

softsky informatica

carne de sol gomes


PAINEL POLÍTICO DE ITORORÓ SEGUNDO MILTON MARINHO

milton“Milton Marinho”

A SAÚDE DE ITORORÓ E OS MÉDICOS CUBANOS

Resolvidas as pendências financeiras/ fiscais do Hospital de Itororó com a Receita Federal, INSS, FGTS e demais encargos de funcionários e outros, resta à fundação Hospitalar e maternidade como sua última estação desta “viacrucis”, o calvário da Municipalização. Ideia partilhada por muitos e nada defendida por poucos, até porque o nosso hospital não tem mais para onde correr, está literalmente num beco sem saída. A ideia não agrada em nada o governo municipal, mas Marco vai ter de se virar para dar conta da saúde do município, afinal ele é o prefeito, e em seu programa eleitoral, prometeu resolver os problemas da saúde. Como Marco vai fazer isso eu não sei. Ah, nada que uma carta ao ministro Padilha não venha a resolver o caso, de preferência, redigida pelo meu amigo, pastor Valdívio, (este sabe onde as cabras malham), conhece como ninguém os números de todas as portas dos gabinetes ministeriais. O nosso pastor Valdívio, altruísta inspirado, transpira muito no sentido de ajudar municípios, não medirá esforços para ir à Brasília, e trazer à tiracolo ou pela gola da camisa, alguns médicos cubanos. Digo isto, porque, com a municipalização da instituição hospitalar, (mesmo sem Marco assumir de fato a prefeitura), o secretário Marcelo poderá reivindicar alguns membros de uma das maiores escolas de medicina do mundo.

Isto posto, muitas cabeças médicas rolarão do hospital ladeira abaixo, tanto pela histórica ficha de perseguidor político que tem, como pelo gênio empreendedor de fazer dos cofres públicos uma máquina de fazer dinheiro para os seus aliados e seu espólio sem parcimônia ou moderação.

TOM COELHO E O PROJETO FORMIGUINHA RENDENDO FRUTOS

O locutor e desportista Tom Coelho acaba de levar 15 garotos para treinar futebol em Itabuna com o professor Max. O objetivo é preparar boa parte desses meninos “desamparados” de Itororó para obter uma vida melhor através da educação do esporte. Crê piamente Tom Coelho que logo, logo estes garotos farão o orgulho de nossa cidade, ingressando em grandes times de nosso país. Dos 15 meninos, 6 já foram aprovados e estão indo treinar no São Paulo, Ponte Preta e Red Bull. Parabéns para o nosso amigo Tom!

Soube que o Secretário de Saúde Marcelo Andrade ajudou Tom Coelho com R$ 70,00 reais para esta viagem, o que não acredito que o secretário tenha feito isso. Tom Coelho deve ter confundido a cifra, no mínimo deve ter sido de R$ 700,00 reais, a cada mês. O Projeto Formiguinha merece amparado pelo poder público, porque está ajudando Itororó, tirando nossos garotos da rota das drogas em que estão enfiados.

Marco Brito, para soltar o dinheiro para o povo é um “Deus nos acuda!!!”, o homem tem um escorpião num dos bolsos e uma jararaca no outro. Honra ele, a tradição dos ricos que não dá água à pinto. Esperemos que Marcelo Andrade (nosso “sensível”, prefeito de fato), ajude mais os projetos sociais do município, como este de Tom Coelho. Esmola não vale. 

LIESKA MANTÊM UM CASO DE AMOR COM O PT SEM O CONSENTIMENTO DO SEU PAI.

Depois do pai, Edneu, ter recusado por diversas vezes participar do governo petista, Lieska, nossa vice-prefeita está em constante contato com os petistas de Itororó, acreditando ela, que se juntando eles, pode fazer uma frente contra Marco Brito.

Se o ex-prefeito Edneu estiver junto, (tudo é possível), afinal, na jogatina inescrupulosa da política praticada em Itororó, tudo é permitido, De outro modo Lieska pode “dar com os burros n’água”, sozinha, não irá a nenhum lugar, a moça ainda não criou gordura política suficiente para um vôo solo. Se os seus primeiros passos trilharem nessa direção, sua carreira fica seriamente ameaçada, pois o tal romance só poderá progredir para uma possível “união estável”, ou um “casamento” com o PT se ela contar com a benção do pai. De qualquer forma fica valendo a máxima popular de que em política nossos agentes sociais, são todos farinha do mesmo saco e, Itororó, cada dia que passa, cava mais fundo sua própria cova rumo ao caos. 

MARCO BRITO E OS 900 EMPREGOS DA LiaLine

Soube que Marco Brito, é quem está indicando e selecionando de modo nada democrático os futuros funcionários que ocuparão os 900 empregos da nova fábrica a ser instalada nos antigos galpões da Azaléia/Vulcabrás em Itororó, e isso está deixando a cidade em polvorosa, pois a atitude do prefeito está segregando parte de nossa força de trabalho em detrimento de critérios eleitoreiros que se avizinham agora com as eleições de 2014.

O governo do estado e nosso deputado Rosemberg, que foram Pioneiros na luta para a instalação da fábrica, (sem desmerecer o oportunismo de Marco, que pegou um atalho e só depois da “onça morta”, pisou no rabo dela e posou para a foto e correu para a galera), vão ficar chupando os dedos no processo de capitalização das urnas. Marco Brito vai comer a carne toda. Sérgio Brito que nunca fez nada pela cidade, deve sair com as burras cheias de votos de Itororó. Enquanto os adversários de Marco se agonizam às margens do poder e até dentro dele, Marco Brito faz o que se pode esperar de um antidemocrata, já que um democrata faria a mesma coisa: contemplar os seus para garantir o futuro político/financeiro da prole.

Parafraseando o poeta, são as garras da paixão política e as trapaças da sorte.

UMA TAL DE AUDITORIA PARA REVELAR O ÓBVIO DE UMA IGUALDADE DE GOVERNOS

Até agora, nove meses depois de eleito, O senhor Marco Brito, nosso digníssimo prefeito, que se recusara a tomar posse na sede da prefeitura, ocupou desnecessariamente as instalações de seu escritório particular na alameda Lindolfo Novais, alegando só adentrar para as dependências do prédio oficial, logo após fosse feita uma auditoria da gestão anterior. (Nada a ver uma coisa com a outra, ou melhor, a fenda do duodeno com as calças).

Marco contratou uma equipe de “notáveis” advogados para fazer uma radiografia do governo passado, porém até agora nada aconteceu. De uma coisa a sociedade de Itororó pode ter certeza: Ou Marco montou um teatro para começar por cima, numa “farromba” sem igual, ou encontrou nessa equipe de “notáveis”, um meio para “arrecadar” algum dinheiro para pagar despesas de campanha, pois sempre aparece alguma, não contabilizada, é claro. Acredito que Marco não deu o ar da graça em relação ao assunto, em função de ainda ter encontrado nessa expedição, “fósseis” administrativos, ainda frescos do Governo do Bem 1 e 2, o que, se revelados, fariam a justiça ampliar para ele, a quantidade de anos fora da política, se acaso, a Lei do Ficha Limpa funcionar realmente.     

O ESTICA E PUXA DE SÃO JOSÉ ESTÁ ACABANDO

A população de São José do Colônia continua a amargar um antigo drama, o de não saber a que município pertencer de fato e de direito. Mais uma vez o nosso São José se encontra no tribunal da justiça baiana a mercê da sorte e da justiça, para que ela tome em definitivo a decisão de entregar o distrito a quem de direito for. Segundo fontes, Ivan,o prefeito de Itambé, escarafunchando os velhos baús da história de sua cidade, encontrou documentos que legitimam o pleito do distrito para incorporar às terras do município, e isto poderá revigorar o processo e consumar a retomada da área, que hoje conta com mais de 6 mil habitantes ansiosos para que isto aconteça.

VALDÍVIO MUDA DE ROTA MAIS NÃO MUDA DE DESTINO

Vi pelos blogs, que o pastor Valdívio deixou o gabinete do deputado Rosemberg para acompanhar o Secretário Eduardo Sales, agora em busca de um mandato parlamentar. Algumas pessoas pensam que Valdívio saiu por conta de não ter sido valorizado como assessor do deputado Rosemberg, ao contrário, o articulador político Valdívio Morais foi tão valorizado ao ponto de sair do gabinete do deputado, onde cumpriu com grande capacidade as demandas do mandato, e agora muda de rota, mas o time é o mesmo. Afinal, o operante Valdívio Morais, ultrapassou os limites do agente político que é, para se constituir numa grande “MARCA” no mercado da política baiana, daí, tanta solicitação pelo seu nome.   Valdívio será de grande importância para os prefeitos de toda Bahia.

 

2 respostas para “PAINEL POLÍTICO DE ITORORÓ SEGUNDO MILTON MARINHO”

  • anonimo says:

    Milton vc esta certo em tudo isso que vc esta relatando,esse PREFEITO APILIDADO COMO UM LEÃO PRA TRABALHAR ELE TÁ IGUAL UM LEÃO NA SELVA DORME O DIA INTEIRO E COLOCA A LEOA PRA TRABALHAR (A LEOA É GUSTAVO ) ACORDA LEÃO PREGUIÇA.

  • eu says:

    parabéns tom coelho pelo trabalho, mesmo sem apoio do tal de leão ou qualquer outra liderança política deste município

Deixe seu comentário

saae
paulinho casa construcao

clinica bem estar

atacadao farma

pet love

mix core training


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia