itororo3“Políticos do Sul da Bahia”

O prefeito de Itororó, Marco Brito (PMDB), foi condenado pela justiça federal em uma ação civil de improbidade administrativa.

O juiz Victor Cretella Passos Silva, condenou o prefeito ao ressarcimento integral do dano em favor da FUNASA, no valor originário de R$ 80 mil, pagamento de multa civil, no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), ressarcimento integral do dano em favor da FUNASA, no valor originário de R$ 49.783,47 e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

O Ministério Público Federal acusou o prefeito de por dano ao Erário – Improbidade Administrativa – Atos Administrativos – Administrativo.

Com a condenação o prefeito só poderá ser candidato novamente em 2018, com isso provavelmente não poderá ser candidato a reeleição em 2016. Veja a sentença abaixo.

mb1