WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


Sorry, there are no polls available at the moment.
dezembro 2019
S T Q Q S S D
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
galeria bar

carne de sol gomes mercadinho

floema

allyf calcados

unibf faculdade

pizzaria garoto senna

pro corpo academia

andressa fashion hair

mercadinho delta

V&JC instalacoes eletricas

leo gas

alianca variedades

casa de carnes alianca

lava rapido pit stop

softsky informatica

tecnet

guri polpas

hn informatica


ITOROROENSE PIERRE TEM NA FILHA PIETRA EXEMPLO EM CASA DE RECOMEÇO

Foto: Globo Esporte

Desde os tempos de Palmeiras, a grande marca registrada de Pierre é a garra encharcada pelo suor. Jogador de muita luta, acaba sempre se identificando com a camisa que veste, literalmente. Hoje com nome gritado pelos torcedores do Atlético-MG, é a superação em pessoa. Driblou os tempos difíceis na fase final no ex-clube. Em casa, o volante tem uma sucessora que também o inspira a dar mais sangue. Pietra, de três anos, tem história típica de guerreiros. A filha do jogador nasceu prematura e pesando apenas 540 gramas. O drama começou quando Moema, a esposa do jogador, estava grávida de um casal. Com seis meses de gestação, uma das bolsas rompeu. O garoto, que teria o nome do pai, sobreviveu apenas 14 horas.

Foto: Globo Esporte

– Milagre foi a luta dela para sobreviver. Ela nasceu com seis meses, com 540 gramas e lutou para viver três meses na UTI. Então, ela, para mim, é a verdadeira guerreira dentro de casa, mais que o pai. Tão pequena e persistiu – disse Moema.

– Nesses três meses que ficamos na UTI, nasceram uns sete bebês na mesma situação dela e nenhum sobreviveu. Então eu posso dizer, sem dúvida, que a Pietra é um milagre – afirmou Pierre.

O casal se emociona com cada palavra e sorriso que a filha dá. Após o nascimento, a menina precisou ficar três meses na UTI.

– Passa um filme na cabeça de tudo. A luta dela não acabou, a gente sabe que continua. Mas quando olhamos para um sorriso dela, pensamos que valeu a pena passar por todo sofrimento, toda aquela angústia. Foram muitas lágrimas derramadas no hospital – relembrou Pierre.

Com lágrimas nos olhos, Moema explicou que ver a filha bem é como uma vitória.

– Cada coisinha que ela faz, eu falo: “olha o que ela está fazendo”! E tem gente que pode pensar que é besteira, mas como ela não andou com um ano e não anda ainda, cada coisinha é como uma vitória para mim.

Confira matéria completa clicando abaixo:

Pietra teve sequelas por causas de várias complicações no nascimento e ainda não anda. Os movimentos do corpo ficaram comprometidos, e ela tem problemas de equilíbrio. Faz fisioterapia e ecoterapia para recuperar os movimentos. Os trabalhos em cima do cavalo ajudam no equilíbrio e na resistência de pernas e braços.

– A gente sabe que o processo é gradativo. Com quase um ano descobrimos que ela tinha sequelado. Ela teve inúmeras paradas respiratórias na UTI e afetou a parte motora. Tem três anos e ainda não anda. Mas está em processo de fisioterapia e vem evoluindo muito bem.

Na época do nascimento, Pierre estava no Palmeiras, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. O jogador lembra que treinava com o celular pendurado no calção para ser chamado em alguma urgência e reconhece o apoio dos colegas e do treinador.

– Eu sempre treinava com celular, quando fazia trabalho na academia com celular no bolso. De repente, o celular tocava para ir ao hospital porque Pietra tinha piorado. Ela teve infecção e algumas complicações, teve que fazer inúmeras transfusões de sangue. Tinha que largar tudo no treino, Vanderlei me liberava e eu ia para o hospital. Mas, mesmo com tudo isso, continuei esses três meses jogando com o Palmeiras.

Nova fase

Pierre e Moema vivem uma nova fase ao lado de Pietra. Moema está grávida novamente, com três meses, e torce para que venha um menino desta vez.

– Se for homem, vou “encerrar a carreira”. Mas se for menina, daqui a um ano e meio eu vou tentar um menino, um jogador. Tem que ter um menino dentro de casa. Nem que seja para ver a carreira do pai, levar no vestiário, nos treinos.

Hoje no Atlético-MG, Pierre vive um momento feliz. O jogador, que foi recebido com o clamor da torcida, está satisfeito no novo clube. O volante passou períodos difíceis no Palmeiras, quando chegou a nem ser relacionado para os jogos pelo técnico Felipão.

– De repente, eu não me via nem na relação. Na relação de 20 atletas, ficava de fora. Foi muito complicado. Eu ia para o centro de treinamento com a minha mala, chegava lá, olhava a relação e tinha que voltar para trás. A maior dificuldade era chegar em casa e olhar para minha mãe e minha esposa. E elas sentiam que eu estava sofrendo.

Moema, que sofreu com o marido durante esse período, conta que a vinda para Belo Horizonte é vista como um recomeço para a família.

– Quando a gente viu o reconhecimento da torcida, gritando o nome dele de novo, foi um recomeço. Deu uma alegria e um orgulho de ele estar voltando. A alegria dele dentro de casa. Para mim foi uma recompensa do sofrimento que a gente viveu lá. Informações G1

1 resposta para “ITOROROENSE PIERRE TEM NA FILHA PIETRA EXEMPLO EM CASA DE RECOMEÇO”

  • milton sergio bigardi disse:

    moema e pierre eu e sua tia alda estamos felizes por voces e pela pietra oramos a deus que sempre estará com vcs nesta batalha. muitos bjs

    alda e milton

Deixe seu comentário

shekinah pousada restaurante

danny disk gelada

unicesumar

plena saude

otica liz

carne de sol gomes

paulinho construcao

sam fitness

charmes esportes

tropical modas

supermercados compre aqui

jamille lanches

associacao seguranca guardioes

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia