WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenaauto escola sao pedrojunior moveis e eletros clinica bem estar


ITORORÓ: ELEITOR - QUAL SERIA O MELHOR HORÁRIO PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

View Results

Carregando ... Carregando ...
dezembro 2018
S T Q Q S S D
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
casa de carnes novilho de ouro

cesta morais

acougue carlos matos

adega 33

pizzaria garoto senna

leo gas

acougue gomes

farmacia dias

lava rapido pit stop

tecnet

guri polpas

academia pro corpo

alianca cosmeticos variedades

hn informatica


:: ‘Saúde’

‘É preciso uma intervenção rápida’, diz ACM Neto sobre saída de cubanos

.

.

Bahia é o 2º estado com mais médicos cubanos no Brasil 

Os estados de São Paulo e da Bahia têm o maior número de cubanos atuando pelo programa Mais Médicos no país. O governo de Cuba anunciou sua saída do programa nesta quarta-feira (14), citando posicionamentos do presidente eleito Jair Bolsonaro à presença dos cubanos no Brasil

Do total de médicos cubanos no Brasil pelo programa, São Paulo lidera com 16% dos profissionais – 1.394. A Bahia tem quase 10%, com 822 cubanos, e aparece em segundo lugar.

Ao comentar o assunto, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse que “não é possível acabar com o programa de uma hora para outra”. “É preciso uma intervenção rápida. O governo tem o direito de mudar o programa, desde que tenha capacidade de suprir as demandas”, disse. 

Em nota, a Secretaria de Saúde do Estado disse que, em cinco anos, o programa atendeu mais de 5,6 milhões de pessoas. São realizadas  cerca de 800 mil consultas por mês. Atualmente, o estado possui 1.522 médicos do programa, que estão alocados em 363 municípios. “Além de possibilitar o acesso ao atendimento, o Mais Médicos  oferece  atendimento de qualidade, mais humanizado à população”, diz o secretário  Fábio Vilas-Boas.

O convênio com o governo cubano é feito entre Brasil e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). “Diante desta realidade lamentável, o Ministério da Saúde Pública (Minasp) de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Panamericana da Saúde (OPS) e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam esta iniciativa”, anunciou a entidade em um comunicado.

Cuba tomou a decisão de solicitar o retorno dos mais de 11 mil médicos cubanos que trabalham hoje no Brasil depois que Bolsonaro questionou a preparação dos especialistas e condicionou a permanência no programa “à revalidação do diploma”, além de ter imposto “como via única a contratação individual”. 

O programa Mais Médicos tem 18.240 vagas em 4.058 municípios, cobrindo 73% das cidades brasileiras. Quando são abertos chamamentos de médicos para o programa, a seleção segue uma ordem de preferência: médicos com registro no Brasil (formados em território nacional ou no exterior, com revalidação do diploma no País); médicos brasileiros formados no exterior; e médicos estrangeiros formados fora do Brasil. Após as primeiras chamadas, caso sobrem vagas, os médicos cubanos são convocados.

“Não é aceitável que se questione a dignidade, o profissionalismo e o altruísmo dos colaboradores cubanos que, com o apoio de suas famílias, presta serviços atualmente em 67 países”, declarou o governo. 

“As mudanças anunciadas impõem condições inaceitáveis e violam as garantias acordadas desde o início do programa, que foram ratificados em 2016 com a renegociação da cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil e de Cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde Pública de Cuba. Essas condições inadmissíveis impossibilitam a manutenção da presença de profissionais cubanos no Programa”, informou em nota o Ministério da Saúde.

De acordo com o governo cubano, em cinco anos de trabalho no programa brasileiro, cerca de 20 mil médicos atenderam a 113.539 milhões de pacientes em mais de 3,6 mil municípios. “Mais de 700 municípios tiveram um médico pela primeira vez na história”, disse o governo.

:: LEIA MAIS »

MPF denuncia esquema com desvio de mais de R$ 2 milhões no hospital de base de Itabuna

.

.

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia contra oito pessoas por participação em esquema criminoso envolvendo fraudes a licitações e o desvio de R$ 2,2 milhões no Hospital de Base de Itabuna (Hospital Luiz Eduardo Magalhães), administrado pela Fundação de Atenção à Saúde (Fasi). As irregularidades aconteceram entre os anos de 2007 e 2008. 

De acordo com o MPF, o diretor do hospital Raimundo Vieira da Silva, em diversas licitações “aumentava exorbitantemente a quantidade de materiais hospitalares a ser adquirida pelo Fasi/Hospital de Base, sem incremento na quantidade de pacientes, funcionários ou procedimentos médicos”. Em seguida, seu sobrinho, o denunciado Oberdan Silva Almeida, chefe do almoxarifado, atestava o recebimento de bens não entregues. 

As empresas que mais se beneficiaram das fraudes foram a Mercado Tropical, controlada e representada pelos denunciados Manoel Simões Marques e Andréa Pessoa de Souza; a Cobahia – Indústria Bahiana de Produtos Descartáveis Hospitalares Ltda., controlada e representada pela denunciada Bárbara Leal Gonçalves Benevides; e a Portal Comércio Varejista de Produtos Médicos Hospitalares e Limpeza, controlada e representada pelos denunciados Paulo César dos Passos de Almeida e Jorge Luiz Rocha do Nascimento. 

Ricardo Sérgio Balduíno da Silva Rosas, então coordenador médico do hospital, também foi denunciado pelo MPF, por ter participado de licitação simulada para venda de aparelho tomógrafo de propriedade de sua empresa. A empresa não foi habilitada na licitação por não apresentar os documentos exigidos. Mesmo assim, o contrato foi assinado para venda do aparelho, com valor acima do mercado.

Com pelo menos 271 casos de sarampo, Manaus decreta situação de emergência

.

.

Em decorrência de um surto de sarampo, a prefeitura de Manaus decretou situação de emergência na cidade, nesta terça-feira (3). O decreto, anunciado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, tem validade de 180 dias. 

Segundo informações do G1 AM, um balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) aponta que 271 casos já foram confirmados na cidade. A maioria dos pacientes são crianças com até cinco anos. Além disso, a Semsa indica que há 1.841 casos sob investigação em Manaus, sendo a maior concentração na Zona Norte.

De acordo com a publicação, o surto da doença na capital do Amazonas chegou a provocar a antecipação da campanha de prevenção, que estava prevista para iniciar em agosto. Com isso, até o dia 18 de junho, a cobertura vacinal no Estado alcançou 81,2% do público alvo.

Itororó: Outro macaco morto é encontrado na região

Foto Ilustrativa

Foto Ilustrativa

Um macaco de médio porte foi encontrado morto na Zona Rural de Itororó, próximo ao distrito de Rio do Meio na manhã do último domingo, 15 por um trabalhador rural.

Segundo apuração do Blog Itororó Já, os restos do animal foi encontrado em uma Fazenda na segunda-feira por um trabalhador rural da região que deixou para avisar a Vigilância Epidemiológica e sanitária do município apenas na terça-feira. Munidos da informação os profissionais das vigilâncias se deslocaram para o local com o veterinário para realizarem a retirada dos restos mortais do animal, porém, quando chegaram ao local informado notaram que urubus já haviam devorado totalmente o macaco, impossibilitando assim a coleta adequada para análise.

Em todo caso a Vigilância realizou o bloqueio da área aplicando vacinas contra a febre amarela nos moradores do local em um raio de 400 metros. Vale ressaltar que o animal que não transmite Febre Amarela, mas, dá indicativos de que o vírus possa está em determinada região.

Febre amarela é uma doença viral aguda causada pelo vírus da febre amarela. Na maior parte dos casos, os sintomas incluem febre, calafrios, perda de apetite, náuseas, dores de cabeça e dores musculares, principalmente nas costas.

Em fevereiro de 2018 outro macaco foi encontrado morto próximo ao Rio Colônia em Bandeira do Colônia. O animal foi recolhido e enviado para análise, mas, até o momento o resultado dos exames não foram divulgados. Na nossa região não há indícios da doença que pode inclusive levar o paciente a morte. 

Informações do Blog Itororó Já

Destaque: Há 10 anos a Odonto Clin atende em Itororó e região com excelência

.

.

A clínica Odonto Clin está há mais de 10 anos atendendo em Itororó e região. Antes como Odonto Amaral ofereciam os serviços de restauração, limpeza, tratamento de canal, clareamento, cirurgias, próteses como dentadura e roach, além de contar com profissionais especialistas em aparelhos dentários e implantes.

A Odonto Clin conta com Dr. Marlon Maia e Dra. Tailly, profissionais especializados que buscam sempre estarem atualizados para trazer o que há de melhor e mais moderno para seus clientes. Possuem estrutura moderna, aconchegante, confortável. Com a parceria com A Pax São José oferece desconto nos tratamentos além de facilidades no pagamento. A Odonto Clin está localizada à Avenida Manoel Novais, 235, Centro de Itororó e agenda suas consultas pelo fone: 73 3265 1470.

Itororó: Bebê prematuro que nasceu de 5 meses no FHMI aguarda transferência

.

.

Um bebê do sexo feminino, que nasceu prematuro na manhã desta terça-feira, 05, na Fundação Hospital e Maternidade de Itororó aguarda transferência para um hospital de Vitória da Conquista que tenha UTI neonatal. O bebê de 5 meses nasceu pesando 1.080 gramas, passa bem, mas, precisa da transferência o quanto antes para que tenha um suporte melhor ao seu quadro de saúde.

.

.

Laisa Vidal de 28 anos, mãe do recém-nascido, informou a equipe do Blog Itororó Já que ontem a noite começou a sentir fortes dores e na manhã desta terça-feira se dirigiu até o Hospital de Itororó. A jovem acabou entrando em trabalho de parto e o médico plantonista Dr. Givaldo Vieira realizou o procedimento. Os pais do bebê disseram que aguardam ansiosos a transferência da pequena Maria Ísis.

Informações do Blog Itororó Já

Itororó: Quebra de braço entre Dr. Jaime e Dr. Givaldo interfere na vinda de uma empresa de administração para o Hospital

.

.

Uma verdadeira quebra de braço tem ocorrido entre os médicos Dr. Givaldo e Dr. Jaime Balthazar, ambos diretores da Fundação Hospital e Maternidade de Itororó referente a possibilidade da entidade passar a ser administrada por uma empresa especializada em gestão hospitalar.

Na última semana o radialista Rubinho Cordeiro, no ar com o Programa Itapuy Notícias da Rádio Itapuy FM levantou o questionamento sobre o motivo de estar havendo empecilho dentro do próprio hospital, por parte de alguns funcionários e de um médico em sequer ouvir a proposta que seria apresentada ao Hospital e os possíveis benefícios dessa proposta.

Pelo que foi possível notar na reunião que anteriormente foi divulgado como Assembléia, Dr. Jaime tentou ir direto ao ponto, relatando mais uma vez a situação em que se encontra o Hospital e Maternidade de Itororó com dívidas fiscais astronômicas em torno de R$ 3 milhões de reais e tinha a intenção de apresentar aos funcionários os representantes da empresa.

Do outro lado, enfurecido Dr. Givaldo Vieira “tomou” a palavra de Dr. Jaime por diversas vezes, tornando a discussão e reunião impossível de acontecer. Os outros participantes que estavam compondo a mesa não tiveram tempo de se pronunciar. Exceto o prefeito Adauto que usou o microfone para afirmar que ouviu a proposta da empresa, mas, que aguardava o resultado da reunião que ocorria para decidir se o município faria ou não o convênio com a empresa.

Por fim Dr. Jaime encerrou a reunião e afirmou que marcará em outra data para prestar esclarecimentos à população, já que, é a população o maior interessado no rumo que tomará a administração do hospital.

A vontade do povo é soberana!

Informações do Blog Itororó Já   

Prefeitura decide contratar organização social para gerir Hospital Municipal de Salvador

.

.

O Hospital Municipal de Salvador, em construção no bairro de Boca da Mata, será gerido por uma organização social. A decisão da prefeitura foi revelada nesta segunda-feira (17) pelo secretário de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guilherme Bellintani. “A gente vai fazer chamamento. É um processo de licitação, mas de chamamento, porque organizações sociais têm formas jurídicas específicas. A gente estava pensando em fazer PPP [parceria público-privada], mas desistiu porque vai ser mais barato fazer com organização social”, explicou o secretário. Quanto à contratação dos cerca de mil funcionários, Bellintani disse que a responsabilidade por recursos humanos ficará por conta da própria organização responsável pela gestão da unidade. Por outro lado, eles não serão considerados servidores públicos. O hospital tem previsão de inauguração em março de 2018, com 90 leitos e chega progressivamente aos 210 em três ou quatro meses. 

Itororó: Com recursos da Associação, Hospital totalmente reformado será entregue em junho à população

.

.

O montante de R$ 290 mil reais deixados pela antiga gestão municipal na conta da Associação de Funcionários do Hospital e Maternidade de Itororó estão sendo muito bem aplicados em toda a reforma do Hospital que deverá ser entregue à população ainda neste mês de junho.

Em visita às obras do Hospital é notório observar que Gleivisson Pereira, presidente da Associação fez exatamente o que havia dito em fevereiro deste ano, quando reuniu a comunidade para informar sobre a situação do Hospital e o valor que havia em conta. Gleivisson investiu todo o dinheiro na continuidade da obra de melhoria à estrutura física da entidade que sem dúvida levará mais comodidade a população.

Com consultório, leitos, salas ampliadas e nova estrutura o Hospital anteriormente enfrentou uma crise tão grave que chegou a ser fechado antes que sua obra fosse iniciada pelo ex-secretário de saúde Marcelo Andrade. Muito sensível às questões de saúde do município, Gleivisson não descansou um minuto e tem conseguido uma parceria muito importante para a cidade, parceria essa que tem a expectativa de mudar de vez a situação crítica que o Hospital passou. O empenho tem sido incansável por parte de Gleivisson e de Dr. Jaime Balthazar que atua como um dos diretores da Associação. A parceria entre a Associação e uma empresa especializada em administração hospitalar está em fase de finalização contratual.

Informações do Blog Itororó Já

ITORORÓ: BARRAGEM SERÁ CONSTRUÍDA PARA ABASTECER DISTRITO DE RIO DO MEIO

.

.

Na manhã desta quinta-feira, 02, o prefeito de Itororó Adauto Almeida divulgou em sua rede social uma foto em que aparece com o diretor do SAAE Virgínio Figueiredo visitando o local onde será construída uma barragem que deve melhorar o abastecimento de água do distrito de Rio do Meio e divulgou o seguinte texto:

“Sabemos que há pouco tempo o distrito de Rio do Meio passou por um grave problema no abastecimento de água. Por esse motivo iniciamos a construção de uma barragem para evitar que a população sofra novamente com a falta desse recurso tão precioso, que é a nossa água. Em parceria com o SAAE e utilizando de recursos próprios, em breve inauguraremos essa obra que beneficiará o Rio do Meio. Estou acompanhando de perto, pensando sempre no bem estar da nossa população”. A barragem será construída próximo ao local de captação de água do distrito. 

Informações do Blog Itororó Já



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia