WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


ITORORÓ: ELEITOR - QUAL SERIA O MELHOR HORÁRIO PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

View Results

Carregando ... Carregando ...
junho 2019
S T Q Q S S D
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
carne de sol gomes mercadinho

allyf calcados

pizzaria garoto senna

leo gas

farmacia dias

lava rapido pit stop

tecnet

guri polpas

academia pro corpo

alianca cosmeticos variedades

hn informatica


:: ‘Política’

Firmino Alves: Prefeito Lero busca Posto de Atendimento para realização da biometria no município

.

.

Estiveram em audiência no Fórum Durval Fraga de Itororó juntamente com o advogado Dr. Welder e o prefeito Djalma de Itaju do Colônia, para discutirem a implantação dos equipamentos eletrônicos e criação de um Posto de Atendimento para a realização da biometria nos próprios municípios, pois, nas eleições de 2020 a biometria será obrigatória, e além disso facilitará também para os eleitores de todo o município de Firmino Alves, de Itajú e zona rural, evitando assim um gasto desnecessário para a população e para os cofres públicos.

Crítica de Guedes aos salários dos servidores do Legislativo repercute entre deputados baianos

.

.

A crítica do ministro da Economia Paulo Guedes ao salário dos servidores do Poder Legislativo brasileiro durante a sessão especial que discutia a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (4) (leia aqui) repercutiu e rendeu comentários, críticas e elogios.  Na ocasião, o chefe da Economia falou sobre o combate aos privilégios e exemplificou com a crítica. “Privilégio é um funcionário do Legislativo ter um salário 20 vezes maior do que um trabalhador brasileiro. Isso é que eu entendo por privilégio. R$ 28 mil é o salário do Legislativo. R$ 1.300 é um salário de um aposentado do INSS”, disparou o ministro. 

Em defesa de Paulo Guedes, o deputado federal Paulo Azi (DEM) disse que o ministro fez uma comparação “correta”. “Não pode ter a maioria da população se aposentando com R$ 1.300 e determinados setores se aposentando com 17, 20, 28 mil reais. Então a avaliação dele está correta e é esse tipo de privilégio que a gente precisa combater”, defendeu Azi.

As apreciações negativas se estenderam para além da fala do titular do ministério da Economia e se debruçaram até na pessoa de Paulo Guedes. “O ministro só tem olhos para banqueiros, ele raciocina com cabeça de banqueiro. Ele não conhece a realidade do Brasil e fica aí com essa arrogância”, disparou o parlamentar Daniel Almeida (PCdoB). Enquanto isso, Afonso Florence (PT) afirmou que Guedes “é um enganador”, ao chamar de falácia o discurso de combate aos privilégios utilizado pelo membro do governo Bolsonaro.

“O governo tem que abrir os documentos que dispõe sobre o Legislativo, sobre o Judiciário, sobre os salários acima do teto, sobre aposentadorias. Porque reconhecendo esses números é que nós vamos saber de verdade”, disse o petista. “A proposta do ministro não ataca esses privilégios, ataca o salário mínimo”, argumentou Florence. 

Para Daniel Almeida, o ministro tem uma interpretação errada do que são privilégios. “[Guedes] Só não vê privilégio nos banqueiros, todo o resto ele vê privilégio. Em servidor público, em trabalhador rural, em quem recebe o BPC”, avaliou o parlamentar.

Como alternativa a redução de privilégios Almeida apontou o ajuste do salário mínimo. “Tem salários mais elevados, isso é verdade, o que nós temos que fazer é elevar a remuneração de quem está embaixo, que ganha muito pouco. O salário mínimo brasileiro é vergonhoso, nós temos que elevar pra diminuir a diferença”, completou o parlamentar do PCdoB.

Itororó: Prefeito Adauto assina termo de Convênio Médico para funcionários públicos

.

.

O prefeito Municipal de Itororó Dr. Adauto assinou nesta terça-feira, 04, um convênio com o plano de saúde União Médica que visa oferecer um plano garantido com preços acessíveis para servidores públicos da prefeitura municipal de Itororó.

.

.

.

.

Idealização da Vereadora Andréa Figueiredo, a indicação foi feita pela mesma ainda no ano de 2012. Andréa justificou que é de notório conhecimento as limitações do sistema público de saúde na área de especialidades e visando melhorar e ampliar os serviços para os servidores municipais realizou a indicação.

.

.

Os planos iniciam com valores a partir de R$ 162,95 para Enfermaria e para Apartamento de R$: 229,91 na modalidade de 0 a 99 Anos, com coparticipação em Consulta e Exames. A União Médica Plano De Saúde, vem suprir uma enorme carência da categoria, já que atualmente poucas operadoras oferecem planos que cabe no bolso dos funcionários públicos municipal, e mesmos aqueles oferecidos, apresentam preços demasiadamente altos.

O plano União Médica também é válido para dependentes e familiares e conta com uma ampla rede de atendimentos em , Vitoria da Conquista Jequié, e mais de 28 cidades na Bahia e no Brasil com atendimento de Urgência e Emergência através da parceria com a ABRAGE.

O Convênio já está em vigor e os funcionários públicos municipal podem aderir aos benefícios.

A realização do convênio contou com o empenho da secretária de saúde  do município Marcília Costa.

Informações do Blog Itororó Já

Policlínica Regional de Saúde em Itabuna vai atender 31 municípios do Sul da Bahia, incluindo Itororó

.

.

As obras da Policlínica Regional de Saúde do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Itabuna e Ilhéus seguem em ritmo acelerado e devem estar concluídas no segundo semestre deste ano. Com investimentos de R$ 27 milhões do Governo da Bahia, a policlínica atenderá 31 municípios do Sul da Bahia. A unidade de saúde, que está sendo construída em Itabuna, oferecerá uma série de
especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

Também serão oferecidos serviços como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.

Além disso, serão realizados procedimentos como vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biópsias de mama, tireoide, próstata, dérmica, gastroenteral. O Governo do Estado irá adquirir 16 micro ônibus para o deslocamento dos pacientes e acompanhantes até Itabuna.

Consórcio Intermunicipal

A Policlínica Regional tem como participantes do consórcio os municípios de Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, Uruçuca e Aurelino Leal.

O equipamento terá gestão compartilhada entre o governo estadual, que financia 40% dos custos mensais, enquanto os municípios consorciados vão cobrir os 60% restantes proporcionalmente à população de cada cidade. Fonte : www.ba.gov.br – notícias

Itororó 
O custo médio anual será de R$212.000,00, valor este pago com recurso próprio. O micro ônibus sairá de Potiraguá com destino a Itabuna transportando pacientes daquele município, Itororó e Firmino Alves.

:: LEIA MAIS »

MP aponta indícios de lavagem de dinheiro nas transações de Flávio Bolsonaro

.

.

Ao justificar o pedido de quebra do sigilo bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) apontou indício de lavagem de dinheiro nas atividades do parlamentar. 

Os promotores afirmam que, entre 2010 e 2017, o então deputado estadual lucrou R$ 3,089 milhões em transações imobiliárias em que há “suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas”. O MP-RJ analisou que, ao longo desse período, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) investiu R$ 9,425 milhões na compra de 19 imóveis, faturando mais no mercado imobiliário do que como deputado. 

De posse do documento, a Veja revelou que o MP afirma que a suposta fraude pode ter ocorrido para “simular ganhos de capital fictícios” que encobririam “o enriquecimento ilícito decorrente dos desvios de recursos” da Assembleia Legislativa do Estado, a Alerj. 

Como exemplo disso, os promotores citam casos de valorização excessiva de imóveis comprados por Flávio. Por exemplo, em 27 de novembro de 2012, ele adquiriu um apartamento na Av. Prado Júnior, em Copacabana, no Rio, por R$ 140 mil. Já em fevereiro de 2014, ele vendeu o imóvel por R$ 550 mil, o que representa um lucro de 292%. No entanto, segundo o MP, o índice Fipezap, que é utilizado no mercado imobiliário, indica que a valorização de imóveis do bairro ficou em 11% naquela época. 

Outro caso parecido ocorreu com o arremate de um imóvel na Rua Barata Ribeiro, também em Copacabana. Flávio adquiriu o imóvel por R$ 170 mil em novembro de 2012. Já em 2013, ele vendeu o mesmo empreendimento por R$ 573 mil, um lucro de 237%. Porém, o índice de valorização na área não passou de 9%.

Assim, os promotores concluem que os valores declarados para a compra foram inferiores ao mercado e os da venda, superiores.

Flávio entrou na mira do órgão de Justiça após um relatório do Coaf apontar indícios de devolução dos salários dos servidores de seu gabinete na Alerj. O senador nega as acusações e afirma que a quebra de sigilo solicitada pelo MP é ilegal (veja aqui).

Após ameaças de morte, Damares Alves pede a Bolsonaro para deixar o governo

.

.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro para discutir seu futuro. Depois de fazer um balanço das atividades, Damares comunicou que vai deixar o cargo, de acordo com a revista Veja. Alega que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada.

Desde que assumiu o comando da pasta, há quatro meses, a ministra enfrenta uma rotina estressante, recebendo ameaças de morte. Com isso, ela abandonou sua residência, em Brasília, e passou a morar num hotel, cujo endereço é mantido em segredo.

Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), Damares também não costuma antecipar a agenda, circula pela cidade escoltada e um segurança fica postado na entrada de sua sala durante todo o expediente.

Itororó: Secretaria de Saúde oferece suporte para pacientes em Casa de Apoio em Salvador

.

.

Os pacientes que viajam para Salvador frequentemente em busca de tratamentos ou exames médicos contam diariamente com o atendimento em uma Casa de Apoio localizada na Capital e que fica disponível para os usuários que precisam de banho, alimentação e dormida.

A prefeitura de Itororó, através da Secretaria de Saúde e da Secretária de Saúde Marcília Costa, oferece o suporte necessário ao paciente, do transporte à Casa de Apoio quando precisa se deslocar para Salvador.

.

.

São encaminhados para a capital os casos sem referência na macrorregião sudoeste e sul (Vitória da Conquista e Itabuna).

As marcações são feitas via sistema de regulação dos hospitais, além dos retornos, respeitando os agendamentos das instituições.

.

.

A prefeitura faz o transporte Itororó/Casa de Apoio/Hospital – Casa de Apoio/Itororó. Acolhimento integral ao paciente e acompanhante, se for o caso. Na Casa de Apoio eles têm garantido as três refeições, banho e dormitório. Como cada grupo que se desloca semanalmente é heterogêneo, “cada caso é um caso”, às vezes é preciso pernoitar.

“A despesa é paga com recurso próprio. O recurso do TFD – Tratamento Fora do Domicilio arca apenas com as despesas de deslocamento dos pacientes de hemodiálise e de câncer que fazem tratamento em Itapetinga, Itabuna e VCA”, informa a secretária. Lucene Santos.

Firmino Alves: Léo de Helena deixará PSD visando eleição para vereador em 2020

.

.

O jovem firminoalvense Leando Evangelista, conhecido como Léo de Helena, deverá deixar o partido do PSD 55 visando pleito para vereador nas próximas eleições de 2020.

Se o fato se concretizar, a saída do jovem do partido será uma baixa importante para o ex-prefeito Padre Aguinaldo. Léo é conhecido no cenário político de Firmino Alves por suas polêmicas e por seu envolvimento positivo na política da cidade.

.

.

Léo trabalhou por anos com o ex-vice-prefeito Fabiano Sampaio prestando serviço a toda a comunidade, em especial a população do distrito de Itaiá, local onde residia.

Em conversa com o Blog Itororó Já, Léo de Helena afirmou que ainda não sabe em qual partido irá se filiar, mas, não descarta a possibilidade de uma possível candidatura para o legislativo municipal de Firmino Alves.

“UMA NOVA ATITUDE PARA UM NOVO TEMPO pode estar nascendo se for da vontade de Deus e com apoio do povo quem sabe não é? Estou à disposição do meu povo como sempre estive”, finalizou o jovem Léo de Helena.

Informações do Blog Itororó Já

Caminhoneiros descartam greve após 4 horas de reunião com Ministro

.

.

Com a promessa de que o governo vai fiscalizar o cumprimento da tabela de preços mínimos para o frete rodoviário, caminhoneiros descartaram nesta segunda-feira, 22, a chance de uma nova paralisação. Cerca de 30 representantes da categoria estiveram reunidos por quase quatro horas com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, na sede da Pasta, em Brasília. Ao deixar o encontro, eles afirmaram que as bases “foram acalmadas”.

“Não houve um acordo, mas sim um compromisso de uma agenda positiva”, disse o presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Diumar Bueno. Ele afirmou que os representantes levaram ao governo algumas questões que não eram de conhecimento das autoridades e que, em troca, receberam o compromisso de que a tabela será de fato fiscalizada. “Esse compromisso deve acalmar as bases e não deve haver paralisação neste momento”, disse.

Itororó: 24 milhões do FUNDEF deverão ser aplicados em reformas, construções e aquisição de veículos da Educação.

.

.

Aguardada com muita ansiedade pelos professores do município, a audiência pública para tratar dos 24 milhões do FUNDEF disponibilizados em conta ao qual havia a possibilidade de ser utilizado para pagamentos de salários atrasados e precatórios ocorreu na manhã segunda-feira, 22, na Câmara de Vereadores.

A convite da secretária de educação Cláudia Pinheiro, os professores, diretores e coordenadores foram informados pelo departamento jurídico da prefeitura sobre em que exatamente o dinheiro do FUNDEF pode ser utilizado segundo dados do TCM – Tribunal de Contas dos Municípios e TCU – Tribunal de Contas da União.

.

.

Segundo o advogado Júnior, até ano passado algumas prefeituras podiam e utilizaram o dinheiro do FUNDEF para realizar pagamentos de alguns precatórios, salários atrasados e piso salarial dos professores, porém, em nova medida informada pelo TCU fica proibida a continuidade destes pagamentos com a verba citada. Podendo o prefeito ser responsabilizado caso insista em pagar.

Sendo assim, a secretária Cláudia informou que caso ocorra mudança da decisão do TCU permitindo que o dinheiro seja usado para pagamentos dos professores, isso deverá ocorrer gradativamente, porém, se a decisão se manter o dinheiro será investido na construção de salas de aula em Rio do Meio , ( já adquiridos – compra de 4 veículos, 1 ônibus escolar , fardamento, coleções de livros literários, moveis e utensílios para as escolas, kit de material escolar), reforma e ampliação das escolas: Julieta Pontes, Carlos Santana, Odete Ramos e a continuidade da obra da creche no bairro Sinval Palmeira abandonada por gestores anteriores ao qual não passou pela vistoria do FNDE o recurso liberado e o aplicado.

Vale ressaltar que por conta da utilização inadequada de recursos da educação destinados ao município via PAR em gestões anteriores, atualmente Itororó não pode participar do Planos de Ações Articuladas, que é um instrumento de planejamento da educação por um período de quatro anos. É um plano estratégico de caráter plurianual e multidimensional que possibilita a conversão dos esforços e das ações do Ministério da Educação, das Secretarias de Estado e Municípios, num SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO. A elaboração do PAR é requisito necessário para o recebimento de assistência técnica e financeira do MEC/FNDE, de acordo com a Resolução/CD/FNDE n° 14 de 08 de junho de 2012.

Informações do Blog Itororó Já



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia