WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


Sorry, there are no polls available at the moment.
outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
carne de sol gomes mercadinho

floema

allyf calcados

unibf faculdade

pizzaria garoto senna

pet shop miau au au

mercadinho delta

V&JC instalacoes eletricas

leo gas

alianca variedades

casa de carnes alianca

lava rapido pit stop

softsky informatica

tecnet

guri polpas

academia pro corpo

hn informatica


:: ‘Itororó’

EDITORIAL: A CORAGEM PARA RECONHECER OS SEUS PRÓPRIOS ERROS

A Lei nº 135/2010, mais conhecida como Lei  da Ficha Limpa, é clara: “são inelegíveis pelo prazo de oito anos, o cidadão e a cidadã que, por decisão judicial transitada em julgado ou, então,  prolatada por órgão colegiado, tiverem  seus direitos políticos suspensos.

No editorial da última terça-feira, cometemos um grande equívoco ao afirmar que a candidata a vice-prefeita, na chapa majoritária formada pelo PMDB e pelo Democrata do município de Itororó, era inelegível. Fizemos esta afirmação, louvando-se na informação recebida de que a decisão judicial que a condenou, havia transitado em julgado.

Neste momento, estamos humildemente reconhecendo o nosso engano e pedindo sinceras desculpas aos nossos ouvintes e aos leitores do nosso blog e, é claro, principalmente à candidata a vice-prefeita da referida chapa.

Assim que sentimos a veemente contestação da candidata  à nossa despretensiosa informação de ordem política, decidimos analisar a sua situação eleitoral à luz da  legislação  e, então, observamos que, da decisão da Justiça Federal do Acre que a condenou a perda dos direitos políticos,  houvera recurso de apelação para o Tribunal Regional Federal, com sede  em Brasília.

Com o recurso, a decisão condenatória não transitou em julgado e, hoje, encontra-se sub juditie,  aguardando o julgamento  do Tribunal Regional Federal. O que equivale a dizer que a candidata a vice-prefeita da chapa formada pelo PMDB e pelo Democrata do município de Itororó não está  inelegível, neste momento. Com isso, ela acha-se apta a   registrar junto à Justiça Eleitoral sua candidatura a qualquer cargo eletivo, no município.

:: LEIA MAIS »

ITORORÓ: MARCO BRITO (PMDB) PEDE REGISTRO DE CANDIDATURA EM NOME DE SEU PAI JÁ FALECIDO

Nome do candidato da coligação “Unidos por uma Itororó livre” é Henrique Brito, pai já falecido de Marco Brito (PMDB) – Foto: Keile Araújo

De ordem do Dr. Rojas Sanches Junqueira, Juiz Eleitoral da Comarca de Itororó foi publicado no DJE nº 118/2012, no dia 29 de junho de 2012, o pedido de registro dos candidatos a: prefeito, vice-prefeito e vereadores, pela coligação “Unidos por uma Itororó livre”, coligação essa formada pelos ex-gestores do município Edineu Oliveira (DEM) e Marco Brito (PMDB).

Segundo o parecer do TCM, Marco Brito (PMDB) teve três contas rejeitadas (2004, 2006 e 2008), sendo que destas, duas (2006 e 2008) foram julgadas, rejeitadas pela Câmara, portanto o ex-prefeito julga-se até o momento inelegível.

Está anexado no Fórum e circula na cidade o Edital nº004/2012 afirmando que Marco pediu registro de sua candidatura a prefeito em nome de seu pai já falecido Henrique Brito Filho. O documento foi divulgado, mas, ainda não se sabe se foi um erro no momento do registro ou se poderia ser uma estratégia política por parte do grupo. Caso tenha ocorrido esta segunda opção, seria essa uma forma do ex-gestor ganhar tempo para tentar resolver suas pendências com a Justiça e se colocar elegível para concorrer ao Executivo Municipal em 2012.

Informações do Blog Itororó Já

6 MIL BRASILEIROS PODEM FICAR SEM ACESSO NESTA SEGUNDA

Na madrugada deste domingo (8) para segunda-feira (9), milhares de usuários de internet no mundo todo ficarão sem acesso à rede. O motivo: suas máquinas estão infectadas por um malware conhecido como DNSChanger que começou a se espalhar em 2007 e ainda hoje circula por computadores no mundo todo. Para parar a disseminação da praga, o FBI desligará os servidores para onde as máquinas infectadas estão sendo direcionadas, fazendo com que elas fiquem sem acesso à internet.

Listamos as principais dúvidas que envolvem o DNSChanger, respondidas pelo diretor de suporte técnico da McAfee, José Matias Neto, e por especialistas da empresa de segurança finlandesa . Saiba se seu computador está infectado, se você corre risco de ficar sem internet amanhã e como eliminar o vírus:

O que é o DNSChanger? Como ele atua?

O DNSChanger é um malware descoberto em 2007 que ataca um sistema crítico no ambiente computacional do usuário: o DNS (Domain Name System). Quando você digita um endereço de internet no navegador (www.terra.com.br, por exemplo), o DNS converte esse endereço amigável para um protocolo IP, endereço numérico que os computadores usam para se comunicar entre si.

O golpe do DNSChanger modificou esse serviço DNS. Mesmo que o usuário digitasse um endereço corretamente no navegador, o DNS redirecionava o site para um endereço IP que levava para os servidores do atacante, e não para o site que o usuário realmente desejava ir.

:: LEIA MAIS »

ITORORÓ: IX JORNADA ESPÍRITA DO CENTRO JOVELINO CONCEIÇÃO

ITORORÓ: RADIALISTA RUBINHO CORDEIRO AFASTA-SE DE SEU PROGRAMA DE RÁDIO PARA SE CANDIDATAR A CARGO NO LEGISLATIVO

Radialista Rubinho Cordeiro candidato a vereador no município de Itororó – Foto: Keile Araújo

O radialista Rubinho Cordeiro, locutor oficial do Programa Itapuy Notícias da Rádio Itapuy FM pediu afastamento de seus afazeres na tarde desta quinta-feira, 05, para se dedicar a sua candidatura a um cargo no Legislativo Municipal neste ano.

O Programa Itapuy Sucesso tem altíssima credibilidade na cidade e região com pesquisa registrada pela empresa Objetiva Pesquisas e Divulgação com 82% de aceitação do público regional.

Estou me afastando hoje do Programa Itapuy Sucesso com a intenção de buscar um cargo no legislativo do município, espero sair vencedor de mais esta batalha e  em Outubro espero estar de volta com boas notícias. Um forte abraço a todos e não se esqueçam de lembrar Deus está no Controle”, afirmou o Radialista Rubinho Cordeiro ao finalizar o Seu Programa na ultima quinta-feira.

Informações do Blog Itororó Já

VEREADORA ANDRÉA PERMANECE NO CARGO, SEGUNDO O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

O Tribunal Regional Eleitoral publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (05/07), a decisão do Juiz Eleitoral Josevando Souza de Andrade, em que determina a extinção do processo movido pelo Ministério Público Eleitoral contra a Vereadora Andréa Figueiredo, de Itororó, por infidelidade partidária.

A Vereadora foi eleita pelo PMDB em 2008, mas se afastou dos quadros do partido em 21/09/2011. O Ministério Público Eleitoral, através do Procurador Sidney Madruga, propôs ação contra a Vereadora, alegando que não havia justa causa para a desfiliação, e por este motivo pediu a decretação da perda do mandato e posse do suplente.

A defesa, patrocinada pelo advogado Welder Lima, alegou que a ação foi proposta fora do prazo previsto na Resolução TSE nº 22.610/2007, e também, que a desfiliação foi motivada por discriminação pessoal e mudança do programa do partido.

O próprio Procurador Eleitoral Sidney Madruga, que propôs a ação, reconheceu, nas alegações finais, que ficou provado no processo, a existência de justa causa para a saída da Vereadora do PMDB. Os motivos foram a discriminação do seu partido, presidido pelo candidato a Prefeito Marco Brito, tendo em vista que Andréa permaneceu apoiando o Prefeito Adroaldo Almeida, apesar do rompimento político da liderança partidária com o mesmo, que havia apoiado em 2008, e também, a aliança do PMDB com o DEM, que o Procurador chamou de “esdrúxula”.

Entretanto, o TRE, ao julgar a ação, sequer analisou o mérito, ou seja, a existência de justa causa, pois entendeu que a ação foi proposta fora do prazo legal, e com isso, extinguiu o processo.

Desse modo, a Vereadora Andréa Figueiredo, hoje filiada ao PSL e candidata a reeleição, ao contrário de outros políticos com mandato que se desfiliaram sem justa causa, exercerá o seu mandato até o final.

Informações do Blog Itororó Já

1ª CAVALGADA DO BRILHO DA BRASA, DOMINGO DIA 08 DE JULHO

EDITORIAL: OS GRANDES ERROS POLÍTICOS DO EX-PRESIDENTE LULA

A volta do ex-presidente Lula às atividades políticas, após a cirurgia que realizou para erradicar um tumor na laringe, tem feito muita gente pensar que o ex-presidente não voltou bem da cabeça, tamanhos são  os equívocos  políticos que ele vem praticando, ultimamente.

Entretanto, creio que o problema de Lula é que fizeram dele  o guru político do Brasil e, em seguida,  deixaram que o prestígio e a popularidade alcançados subissem-lhe à cabeça. E, nessa situação, qualquer mortal tende a se sentir o rei do pedaço, principalmente aqueles  que, desde cedo, não foram preparados para tamanha  exaltação.

É evidente que ninguém pode duvidar da estrela de Lula e do seu imenso poder de comunicação com as massas. Mas, muitos outros políticos também tiveram  essas qualidades, além de uma respeitável  formação acadêmica, ainda assim, não brilharam tanto quanto ele.

A sua intervenção na política da cidade de São Paulo foi desastrosa para o PT, como o foi para os  seus companheiros a ideia maluca de pressionar  os ministros do Supremo Tribunal Federal para adiarem o julgamento do caso, conhecido como Mensalão.

Mas, depois de impor com sucesso ao PT e aos partidos políticos que viviam na órbita de seu governo, a candidatura da presidente Dilma, Lula achou que, no reino da   política, podia fazer de tudo. Afinal, ele era ou não  era o dono da bola, no grande jogo político do Brasil?

:: LEIA MAIS »

ITORORÓ: PREFEITO ADROALDO É CITADO EM LISTA DO TCM, MAS ESTÁ ELEGÍVEL PARA ELEIÇÕES 2012

O prefeito de Itororó e candidato a reeleição Adroaldo Almeida (PT) foi citado na lista do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) que foi divulgada nesta quinta-feira, 05, por ter tido uma Conta que foi contestada pelo TCM, na qual Adroaldo através de seus advogados, conseguiu uma liminar que anulou o próprio parecer do Tribunal de Contas.

Mesmo o TCM emitindo um parecer desfavorável ao prefeito, quem julga é a Câmara de Vereadores. O prefeito Adroaldo teve uma parecer do TCM contrário a sua conta de 2009, entretanto este parecer foi suspenso pelo Tribunal de Justiça, as contas não foram julgadas pela Câmara, portanto Adroaldo não tem conta rejeitada, está elegível pela lei que permite este tipo de acontecimento.

Em outro caso está o ex-prefeito Marco Brito que teve três contas com parecer do TCM pela rejeição (2004, 2006 e 2008), sendo que destas, duas (2006 e 2008) foram julgadas, rejeitadas pela Câmara, portanto julga-se até o momento que o mesmo está inelegível.

Informações do Blog Itororó Já

EDITORIAL: A CHAPA DOS INELEGÍVEIS

Não sei dizer se a real intenção dos políticos de oposição ao governo municipal de Itororó, ao apresentar  para concorrer as eleições de prefeito deste ano uma chapa totalmente inelegível,  é  testar as leis eleitorais,  desafiar a competência ou a integridade da Justiça brasileira ou, então,  avacalhar com as eleições do município.  Mas que a chapa majoritária que, no último sábado, saiu das convenções do PMDB, Democrata e demais partidos aliados, é uma aberração política ou uma piada de mau gosto, isto é.  Por isso, posso  adiantar que, cinicamente,  estão tentando enganar o incauto eleitor de Itororó ao fazê-lo acreditar que, nestas eleições, ele   vai poder votar nesta chapa espúria.

Melhor dizendo: essa  atitude da oposições, analisada sob o prisma da  ética, é  imoral, porque pretende induzir o eleitor de Itororó  a votar  em uma chapa majoritária que, dentro dos preceitos da lei,  não tem validade e que, por isso, antes ou depois das eleições, será totalmente anulada  pela Justiça Eleitoral.

Se as oposições querem ganhar as eleições e ocupar o  cargo de prefeito do município, por que   não apresentam uma chapa majoritária  ficha limpa e partem para a disputa séria e digna? Por que avacalhar  o pleito e desrespeitar o eleitor, com a apresentação de uma chapa, cujos candidatos ficha suja serão certamente  impugnados e   barrados pela Justiça Eleitoral?

É inacreditável a que ponto chegaram os líderes políticos da  oposição no município. Como se não bastasse formarem uma chapa majoritária com Marco Brito que, até este momento, procura inutilmente  tornar-se ficha limpa, resolveram ainda apresentar para compor a mesma chapa, como candidata a vice-prefeita, outro nome que possui  os direitos políticos suspensos  pela Justiça Federal por cinco anos.

:: LEIA MAIS »

shekinah pousada restaurante

danny disk gelada

unicesumar

plena saude

paulinho construcao

otica liz

carne de sol gomes

sam fitness

charmes esportes

tropical modas

supermercados compre aqui

jamille lanches

associacao seguranca guardioes

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia