WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


maio 2022
S T Q Q S S D
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
bom baiano

crill licor artesanal

paulinho material construcao

pizzaria garoto senna

pro corpo academia

andressa fashion hair

genilson reis fotografia

alianca variedades

casa de carnes alianca

softsky informatica

hn informatica


:: ‘Destaques’

Firmino Alves: Relator nega recurso de Pe. Aguinaldo, mas, ainda não é decisão final

.

.

O Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sergio Banhos negou provimento a um recurso do candidato mais votado na sucessão municipal de Firmino Alves, Padre Agnaldo (PDT).

Sergio Banhos é o relator do processo no TSE e com essa decisão a defesa do Padre Agnaldo tem três dias após a publicação para recorrer ao pleno, segundo Políticos do Sul da Bahia.

Vale ressaltar que essa decisão ainda não é a decisão que determina que Firmino Alves tenha novas eleições municipais. Possívelmente, até o final deste mês de março, o processo será de fato julgado e a decisão proferida.

Desde janeiro a cidade está sendo administrada pelo presidente da câmara, Fabiano Sampaio (PDT).

Itororó: Faleceu vítima de infarto George Camarão

.

.

Com extremo pesar que comunicamos o falecimento de George Ramos Oliveira de 55 anos, mais conhecido como George Camarão, vítima de um infarto ocorrido na noite desta segunda-feira, 08.

Camarão teve um mal estar e foi levado a emergência da Fundação Hospital e Maternidade de Itororó, onde sofreu uma parada cardíaca, foi reanimado, transferido com vida pelo SAMU para o Hospital Cristo Redentor, onde acabou não resistindo e veio a óbito.

George Camarão era uma figura bastante carismática e popular em toda a cidade. Sua morte causa grande comoção em toda a população.

O corpo será velado na Pax São José e o enterro será nesta terça-feira, 09. George deixa a esposa Cláudia Felix e 2 filhos, Mateus e Isabela.

Informacões do Blog Itororó Já

Itororó: Promoção do Dia da Mulher no Ateliê de Bolos Sara Dias

.

.

Itororó: Nicson da Top Cell foi transferido em UTI aérea para Salvador

.

.

Com COVID-19 positivo desde a última semana, o comerciante Nicson Jesus Santos de 28 anos foi transferido da Fundação Hospital e Maternidade de Itororó para Salvador na tarde desta quinta-feira, 04, em uma UTI móvel aérea, saindo do aeroporto de Itapetinga. Nicson é proprietário da loja Top Cell.

A equipe de saúde da FHMI realizou o aparato necessário e levou o paciente até Itapetinga para que a remoção do mesmo fosse feita.

Nicson aguardava a liberação de uma vaga de UTI. O mesmo apresentou complicações pulmonares por conta da COVID-19 sem melhora significativa nos últimos dias.

.

.

Nicson foi transferido para o Hospital Espanhol na capital do Estado.

Informacões do Blog Itororó Já

Itororó: Município recebeu 320 novas doses de vacina Coronavac. Idosos terão prioridade

Foto do início da vacinação em Itororó

Foto do início da vacinação em Itororó

O município de Itororó recebeu nesta quinta-feira, 04, mais um lote de vacinas Coronavac, utilizada na imunização contra o Coronavírus.

A secretaria de saúde do município informou que chegaram mais 320 doses e que estás doses começarão a ser aplicadas na próxima segunda-feira.

160 doses serão utilizadas na vacinação em 1° dose de idosos entre 75 e 79 anos. As outras 160 doses serão utilizadas na vacinação em 2° dose de idosos de 80 a 89 anos. Sendo que estes últimos receberam a 1° dose no início do mês de fevereiro. Os responsáveis por idosos acima de 80 anos, que ainda não foram vacinados, devem procurar a secretaria de saúde para atualizar informacões.

Informacões do Blog Itororó Já

Itororó: Novo Decreto é divulgado nesta quinta, 25. Confira medidas

.

.

O município vai seguir o novo decreto estadual anunciado pelo Governo da Bahia nesta manhã (25), que suspende todas as atividades não essenciais a partir das 17h dessa sexta-feira (26), até 5h de segunda-feira (1º/03).

O prefeito Paulo Rios fez adaptações pertinentes e divulgou um novo Decreto na noite desta quinta-feira, 25.

Confira o link abaixo:

http://www.itororo.ba.io.org.br/diarioOficial

Rui Costa proíbe venda de bebida alcoólica durante o fim de semana

.

.

O governador da Bahia, Rui Costa, proibiu a venda de bebida alcoólica em qualquer estabelecimento, inclusive mercados, desde 17h de sexta-feira (26) até 5h da próxima segunda-feira (1°) no estado.

“Assim a gente aumenta a restrição e circulação de pessoas”, disse Rui. Bnews.

Itororó: Secretaria de Saúde recebeu 220 doses da vacina Oxford e 120 doses de Coronavac

Foto do início da vacinação em Itororó

Foto do início da vacinação em Itororó

A secretária de saúde do município de Itororó, Ana Paula Rios, informou a equipe do Blog Itororó Já que acabou de chegar a localidade 340 doses da vacina contra a COVID-19.

Destas 340 doses, 220 são da empresa Oxford/Astrazeneca que serão destinadas a aplicação da 1° dose em idosos com idade entre 80 e 89 anos; e 120 doses da Coronavac destinadas a aplicação da 2° dose em idosos de 90 anos acima.

A prefeitura vem pedindo a comunidade que utilize máscara e mantenha todo cuidado de prevenção mesmo tenha sido vacinado.

Informacões do Blog Itororó Já

Itororó: Faleceu Orlede Morais do Sindicato

.

.

Faleceu no Hospital de Base de Vitória da Conquista o funcionário público Itororoense João Orlede Moraes Silva de 71 anos, vítima de complicações causadas pela COVID-19.

Orlede vinha enfrentando uma luta dura contra a COVID-19 desde de que foi internado na UTI da unidade hospitalar. Ele chegou a ficar internado no Hospital Cristo Redentor em Itapetinga.

Orlede trabalhou por muitos anos no SINSERVITO – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itororó – e na gestão de Dr. Adauto, ele atuou como controlador interno da prefeitura. Orlede deixa 4 filhos e o seu enterro será nesta sexta-feira, 19, em Itororó.

Informacões do Blog Itororó Já

Biomédico Itororoense participa de Estudo da USP por uma vacina nacional contra COVID-19

.

.

Atualmente, o Brasil tem duas vacinas contra o SARS-CoV-2 aprovadas para uso emergencial: a Coronavac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac, e a AstraZeneca/Oxford, produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a multinacional inglesa. 

Para que um imunizante seja aprovado e esteja disponível no mercado, são necessários de dez a 15 anos de muita pesquisa e vários testes. A aprovação para uso emergencial das duas vacinas disponíveis foi feita em tempo recorde, mas ainda é possível que os imunizantes passem por melhorias. 

O  Biomédico Itororoense Rubens Prince dos Santos Alves de 29 anos, graduado pela UESC, mestre e doutor pela USP e atualmente pesquisador em LA Jolla Institute for Immunology em San Diego na Califórnia, participa dessa pesquisa tão abrangente.  

Autoridades, médicos e cientistas ressaltam a importância de termos um produto brasileiro com tecnologia 100% nacional, mesmo que isso demore anos.  As razões vão desde a preocupação de que a covid-19 se torne uma doença sazonal até a dependência de importação de insumos, processo que atrasa a fabricação de vacinas no País. 

A USP é uma das instituições que assumiram o compromisso de desenvolver uma vacina do zero.  São sete projetos em andamento nos vários campi da Universidade. A vacina em spray nasal do Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina (FMUSP); a vacina nanoparticulada da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP); a vacina vetorizada da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA); as quatro plataformas vacinais em ensaios pré-clínicos do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB): a nanovacina, a vacina de subunidades, e as vacinas de DNA e de RNA. 

As duas primeiras são as que se encontram em fase avançada. O grupo que desenvolve a vacina em spray nasal deve iniciar os testes toxicológicos em breve.  Já a nanoparticulada, da FMRP,  aguarda a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar os ensaios clínicos de fase 1 e 2. 

O Jornal da USP conversou com os líderes dessas pesquisas e, nesta reportagem, explica todos os detalhes. 

SPRAY NASAL: A VACINA SEM DOR

A ideia de uma vacina contra a covid-19 indolor, bem aceita por crianças, gestantes e idosos, desenvolvida com tecnologia nacional e que ataca o vírus na porta de entrada para o organismo, pode virar uma realidade em breve. A produção do imunizante em formato de spray nasal começou em abril de 2020 e, atualmente, é liderada por Jorge Kalil Filho, diretor do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina (FMUSP).

Em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição, o médico disse que a proposta do trabalho, desde o início, era estudar melhor a resposta imune contra o coronavírus para criar uma vacina baseada nos alvos da resposta imune mais eficientes.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia