WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


Sorry, there are no polls available at the moment.
janeiro 2020
S T Q Q S S D
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
acai pop

galeria bar

carne de sol gomes mercadinho

floema

allyf calcados

educandario ferraz

pizzaria garoto senna

pro corpo academia

andressa fashion hair

mercadinho delta

leo gas

alianca variedades

casa de carnes alianca

lava rapido pit stop

softsky informatica

tecnet

guri polpas

hn informatica


:: ‘Brasil’

Itororó: Cachorro desapareceu próximo a Escola Carlos Santana

.

.

O cachorro da raça Shitzu, que atende pelo nome de Sansão desapareceu próximo ao Colégio Carlos Santana essa madrugada. O mesmo tem problemas da saúde e problemas de visão.
Por favor quem souber ligue no número 73 99833 3643

Ganhador da Mega da Virada não se empolga: “Se velho tiver emoção, morre”

.

.

Marcos Nonato Arraes é um dos vencedores da Mega-Sena da Virada – dos R$ 304,2 milhões do prêmio total, ele levará R$ 2,9 milhões para casa. O pecuarista de 70 anos foi um dos compradores das 26 cotas do bolão realizado em uma casa lotérica de Juscimeira (MT), mas disse que não houve emoção em sua reação. O motivo? A idade. “A emoção é… Não tem emoção, a gente é acostumado a trabalhar, né. Velho não pode ter emoção, porque se velho tiver emoção, morre. Eu jogo há muito tempo, faz muito tempo que eu jogo. Tenho filho, tem família. Vamos ver o que meus filhos vão fazer, tenho cinco filhos”, contou.

A entrevista do pecuarista foi realizada pelo programa “MT1”, da TV Centro América, afiliada da Globo em Cuiabá. Marcos Nonato Arraes fez aniversário hoje, no dia em que falou com a repórter, mas disse que o prêmio não é um presente maior do que sua esposa. “Vou passar mais uma que você não sabe: hoje é meu aniversário. É bom demais, né? Velho não pode fazer aniversário porque fica muito alegre e é perigoso morrer. Toda a vida, a vida é essa, né? O presente maior que eu ganhei foi a minha velha há 46 anos”, respondeu ele. Ele não quer deixar a região de Juscimeira. “Faz 40 anos que eu moro aqui. Não saio daqui. Quem jogou e não ganhou tem de continuar jogando. Uma hora ganha, né?

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 5% a partir desta sexta

.

.

Um novo reajuste nos preços do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, foi anunciado pela Petrobrás. O GLP vai aumentar 5% a partir desta sexta-feira (26) nas refinarias.

A medida vale tanto para o botijão de 13 kg, quanto para os industriais e comerciais, de 20 kg, 45 kg e acima de 90 kg. O impacto no consumidor final é incerto.

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo entre os dias 15 e 21 de dezembro, a média nacional do botijão de 13 kg é de R$ 69,34. O Mato Grosso é o estado com a média mais alta, R$ 94,94. Em Roraima, Tocantis, Amapá, Rondônia e Acre o valor médio ultrapassa os R$ 80.

Este é o quinto reajuste nos preços do GLP apenas em 2019. O último foi no dia 25 de novembro.

Homem curado de câncer terminal com tratamento inédito morre após sofrer acidente

.

.

Apontado como “virtualmente livre” de um câncer em estado terminal, em outubro, o funcionário público aposentado Vamberto Luiz de Castro, de 64 anos, faleceu na semana passada após sofrer um acidente, em Belo Horizonte. As circunstâncias da morte não foram divulgadas, mas a Polícia Civil informou que o corpo dele deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) no último dia 11 e saiu no mesmo dia.  

Segundo informações do G1, ele sofreu um acidente craniano grave e, por isso, não resistiu. 

Castro ganhou fama após o portal divulgar que ele foi salvo do câncer por um tratamento inédito na América Latina. Quando procurou o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto para tentar o tratamento, o homem estava em fase terminal de um linfoma muito agressivo nos ossos. 

Os pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um procedimento próprio de aplicação da técnica CART-Cell, descoberta no exterior. O método brasileiro consiste na manipulação de células do sistema imunológico para que elas possam combater as células causadoras do câncer (saiba mais aqui). 

Como o tratamento bem sucedido, a melhora de Castro foi considerada como uma remissão do câncer – a cura, de fato, só poderia ser confirmada cinco anos depois. Mas antes da terapia genética, ele tomava doses máximas de morfina diariamente e não conseguia andar, pois o tumor havia se espalhado pelos ossos. Após o tratamento, a maioria deles desapareceu e os que ainda sobraram indicavam a evolução da terapia, segundo os médicos.

Acidente com ônibus da Águia Branca que viria para Conquista. Veículo caiu em ribanceira

.

.

A cena é assustadora. De um lado o ônibus despencado em um barranco de aproximadamente seis metros de altura e do outro uma carreta de sucatas tombada às margens da pista. Esta é a imagem da BR 116 próximo a Serra de Belvedere na manhã desta sexta-feira (13), depois de um grave acidente em que deixou cerca de 50 pessoas feridas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o trânsito foi liberado no início da madrugada.

Ainda segundo a PRF, a carreta carregada de sucatas estava indo em direção a Laranjal no momento em que perdeu o controle em uma das curvas e tombou na frente do ônibus da empresa Águia Branca de São Paulo que estava no sentido contrário, seguindo para Vitória da Conquista no estado da Bahia.

As vítimas, a maioria com ferimentos leves, foram levadas para os hospitais São Paulo, Prontocor e Casa de Saúde. Equipes do SAMU de Laranjal e Patrocínio do Muriaé ajudaram no resgate das vítimas. Foi preciso várias viagens para socorrer todos os passageiros. Felizmente não houve óbitos.

Rádio Muriaé

Professora que sofreu racismo na UFRB diz que aluno já chamou negros de preguiçosos

.

.

Professora de História do Brasil na UFRB, Isabel Reis revelou ao portal G1 que não foi a primeira vez que Danilo de Araújo Góis incorreu em racismo nas dependências da universidade. Segundo ela, em outra oportunidade, o aluno disse que negros eram preguiçosos e fediam.

“Durante uma das aulas, ele falou que negros não eram empreendedores, eram preguiçosos e que, por isso, foi necessário o uso da mão de obra imigrante. Como vou deixar um aluno sair da sala trazendo esse tipo de pensamento raso? Baseado em que ele está falando isso? Ele precisava ler, fazer uma reflexão do que falava. Então fizemos um trabalho, com os primeiros passos da república, com livro para leitura. Porque eu não sabia onde ele estava lendo as coisas que dizia. Após o trabalho, ele disse que o Rio de Janeiro fedia e que os negros fediam”, contou.

Isabel revelou ainda que os estudantes já haviam contado que Danilo se recusava a encostar em homossexuais ou pessoas negras, bem como pegar qualquer coisa na mão de pessoas negras, mas que isso nunca havia ocorrido com ela.

“O racismo é uma coisa que é socialmente construída. As pessoas não nascem racistas, elas são construídas. Convivemos cotidianamente com racistas não declarados. A gente vai chamando atenção para as coisas pelo comportamento. Não que eu nunca tenha sofrido racismo, mas com essa destilação de ódio, não”, avaliou a professora.

Na última terça-feira (10), um estudante tentou invadir o quarto de Danilo com um pedaço de madeira na mão, dizendo “venha, que você vai ver com quantos paus se mata um racista”, em represália às atitudes racistas do colega. O fato foi comentado por Isabel, que disse não apoiar o ato. “O racista e homofóbico é ele [Danilo]. Nós somos vítimas e não vamos virar réus”, declarou.

Relembre o caso

O fato aconteceu na última segunda-feira (09) e viralizou na internet por vídeos gravados por alunos da disciplina (veja aqui). As imagens mostram a professora entregando uma avaliação a Danilo e ele se recusando a pegar no papel. Após manifestações dos colegas, a coordenadora foi chamada à sala e convidou o aluno a se retirar.

Nesta quarta-feira (11), a Universidade Federal do Recôncavo Baiano se posicionou sobre o caso, repudiando a conduta do aluno e declarando que o respeito às diferenças é fundamental à formação dos alunos, se solidarizando com a professora Isabel e com os estudantes ofendidos (veja aqui).

Avião das Forças Armadas do Chile com 38 pessoas a bordo desaparece

.

.

Uma aeronave da Força Armada do Chile, com 38 pessoas a bordo, ficou incomunicável pouco mais de uma hora após decolar da cidade de Punta Arenas, no sul chileno, com destino à base aérea Presidente Eduardo Frei Montalva, na Antártida, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo.

Um estado de alerta foi emitido pelas autoridades, que mobilizaram aeronaves da Força Aérea que estão na região de Magalhães e na cidade de Santiago para atuar em missões de busca e resgate.

Entre os que estavam a bordo, 17 eram tripulantes e os 21 restantes, passageiros. A aeronave decolou na segunda-feira (9) às 16:55h (mesma hora de Brasília) de Punta Arenas, e perdeu contato às 18h13.

Governo desobriga cota para trabalhador com deficiência

.

.

O governo Bolsonaro encaminhou ao Congresso um projeto de lei que praticamente acaba com a política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas. O PL 6.195/2019 permite que as empresas substituam a contratação pelo pagamento de um valor correspondente a dois salários mínimos mensais.

Nesta terça-feira (3), Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, uma reunião na Câmara dos Deputados deve definir uma estratégia para barrar o avanço do projeto e derrubar a urgência com que ele está tramitando.

Para a vice-presidente da Ampid (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos), a subprocuradora-geral do trabalho Maria Aparecida Gurgel, todo o projeto de lei é grave para as pessoas com deficiência.

“Ele desconfigura toda a ação afirmativa que é a reserva de cargos”, afirma.

O projeto traz ainda outras mudanças em relação às cotas, como a contagem em dobro quando da contratação de um trabalhador com deficiência grave, e a inclusão de aprendizes nessa verificação.

“Essa regra [da deficiência grave] parece boa, pois as pessoas com deficiência grave são as que mais têm dificuldades para serem incluídas, mas, no final das contas, quem é que vai dizer se é deficiência grave ou moderada?”, afirma Tabata Contri, da Talento Incluir, empresa que presta consultoria para inclusão.

O Ministério da Economia diz que o conjunto de mudanças deve beneficiar 1,25 milhão de trabalhadores.

O recolhimento mensal, no caso das empresas que não cumprirem a cota, será feito a uma conta da União, que abastecerá programa de reabilitação física e profissional. A criação dessa política de recuperação para o trabalho já era prevista na medida provisória 905, que criou o Programa verde amarelo de estímulo ao emprego.

O percentual de trabalhadores reabilitados ou com deficiência continua o mesmo e é obrigatório a empresas com 100 ou mais empregados.

Tabata Cotri diz que a possibilidade de substituir o cumprimento da cota é contraproducente e preocupante. “Hoje você já tem empresas que preferem pagar a multa a fazer um esforço para cumprir a regra”, afirma.

Nos últimos três anos, a inclusão de trabalhadores com deficiência melhorou. De 418 mil, em 2016, eram 486 mil trabalhadores formais em 2018. Tabata diz que os números só começaram a melhorar a partir de 2015, após a definição de regras para a inclusão desses profissionais.

“A gente está falando de 24% da população que tem alguma deficiência. Faz muito mais sentido que elas estejam trabalhando”, afirma.

Para o advogado Dario Rabay, da área trabalhista do escritório Mattos Filho, as mudanças do projeto de lei ajustam a regra à realidade, pois muitas empresas não conseguiam cumprir a cota, o que levava várias ao fechamento de TACs (Termos de Ajustamento de Conduta) com o MPT (Ministério Público do Trabalho). Ele diz que a Justiça do Trabalho tem jurisprudência favorável às empresas nos casos em que há a comprovação de ter havido esforço no cumprimento da cota.

Rabay considera positiva a criação de alternativas ao preenchimento dessas vagas. Além do pagamento, a possibilidade de duas empresas se associarem para compartilhar o cumprimento da cota.

A diretora da consultoria Santa Causa, Aline Morais, diz que as mudanças propostas são um retrocesso e têm perfil assistencialista.

Na nota de repúdio divulgada pela Ampid, a associação diz que o envio do projeto de lei viola a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, da qual o Brasil é signatário, e obrigaria o governo a consultar as pessoas com deficiência.

O Ministério de Economia diz, em nota, que a tramitação do projeto é o momento propício para a discussão. Afirma também que a medida pretende avançar na política de inclusão por duas formas alternativas de cumprimento.  

Bahia: Vereador e esposa são presos suspeitos de liderar esquema de venda de carteiras de habilitação

.

.

Um vereador e a esposa foram presos suspeitos de liderar um esquema de venda de carteiras de habilitação no norte da Bahia. A operação ‘Captius’, da Polícia Civil, acontece nesta quinta-feira (21) e visa cumprir outros 9 mandados de prisão preventiva e 20 mandados de busca e apreensão. As informações são do delegado Felipe Neri, responsável pelo caso.

Em contato com o G1, o delegado informou que a operação acontece nas cidades de Senhor do Bonfim, Ponto Novo, Jaguarari e Campo Formoso, cidades do norte da Bahia. Segundo ele, o vereador já foi diretor do Ciretran de Senhor do Bonfim e também é dono de uma autoescola.

“Ele vendia habilitação sem fazer exame, sem fazer nada. Ele e a esposa são os líderes desse esquema. Os policiais ainda estão nas ruas cumprindo mandados”, disse ao G1.

Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível pelo SUS

.

.

Uma nova forma de tratamento para o Alzheimer está disponível no SUS. O remédio rivastigmina, já disponibilizado em comprimido e solução oral, agora também é disponibilizado em forma de adesivo transdérmico.

A rivastigmina faz com que ocorra um aumento de uma substância chamada acetilcolina, que está reduzida no cérebro de quem tem Alzheimer, mas a medicação pode causar sintomas gastrointestinais como náuseas e diarreia, diminuição do apetite e dor de cabeça.

A adição do adesivo à lista de remédios do SUS representa uma melhoria na qualidade de vida de alguns pacientes. Por ser colocado na pele, a absorção do remédio se dá ao longo do dia e por isso tem menos efeitos colaterais, especialmente no sistema digestivo.

Segundo Rodrigo Schultz, presidente da Associação Brasileira de Alzheimer, o adesivo também garante que não haja flutuação da dose: “Sendo por via transdérmica, há uma liberação contínua e regular ao longo das 24h, impedindo a ocorrência de flutuação de dose, ou seja, aumentos e reduções da medicação no organismo conforme ela segue sendo metabolizada.”

Além disso, de acordo com Schultz, muito pacientes se recusam a fazer uso de remédios via oral e muitas vezes tiram o medicamento da própria boca após a administração.

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa, causada pela morte progressiva de células do cérebro, prejudicando funções como memória, atenção e orientação e linguagem, o que gera graves consequências para qualidade de vida dos pacientes. A doença não tem cura.

No Brasil, segundo dados de 2017, estima-se que haja 1,1 milhão de pessoas com a doença.

Quem pode usar?

Qualquer paciente com Alzheimer que faça uso da rivastigmina pode usar o medicamento em versão adesiva: “Há uma população que se beneficia mais que seria aquela com dificuldades para engolir ou que apresenta efeitos colaterais, sejam eles com qualquer medicação para essa finalidade”, explica Schultz.

O adesivo também pode ser usado no banho e deve ser retirado 24 horas após o uso. Por ser colocado na pele, o adesivo pode trazer esporadicamente algumas reações no local da sua colocação e por isso é recomendado um rodízio no local de uso do adesivo.

“Em caso de falta, podem ser usados comprimidos ou solução oral na dose correspondente sem problema algum. Sem qualquer risco”, diz Schultz.

Como ter acesso

Segundo o Ministério da Saúde, o medicamento já está disponível nas unidades de saúde responsáveis pela distribuição deste tipo de remédio.

:: LEIA MAIS »

shekinah pousada restaurante

danny disk gelada

unicesumar

ccaa

plena saude

otica liz

carne de sol gomes

paulinho construcao

sam fitness

charmes esportes

tropical modas

supermercados compre aqui

jamille lanches

associacao seguranca guardioes

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia