WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
farma e farma - central das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


novembro 2020
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
floema

pizzaria garoto senna

pro corpo academia

andressa fashion hair

mercadinho delta

drogaria saude farma

leo gas

genilson reis fotografia

alianca variedades

casa de carnes alianca

softsky informatica

tecnet

guri polpas

hn informatica
Sorry, there are no polls available at the moment.


:: ‘Brasil’

Homem procura delegacia para denunciar ser vítima de boato envolvendo morte de PM e acaba preso por outro crime

.

.

Um homem procurou a Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, para denunciar ter sido vítima de um boato envolvendo a morte de um policial militar. Na unidade, ele acabou detido por outro crime, por mandado de prisão preventiva.

O caso aconteceu na segunda-feira (26) e foi confirmado ao G1 nesta terça (27) pelo delegado Roberto Leal, que é coordenador de polícia na região de Feira de Santana. O homem não teve a identidade revelada.

As informações falsas com o nome dele diziam que ele era suspeito de matar o subtenente Isaque Cerqueira, após um assalto em São Gonçalo dos Campos, cidade vizinha a Feira de Santana. O policial militar foi morto no domingo (25).

Na Delegacia de Homicídios, os policiais constataram que ele realmente não tem envolvimento com a morte do PM, mas ao consultar o sistema para averiguar a identidade desse homem, descobriram o mandado de prisão temporária, expedido no dia 5 de agosto.

O delegado Roberto Leal não detalhou o crime que constava no mandado, no entanto, ele foi decretado pela Vara de Tóxicos da Comarca de Feira de Santana. Nesta terça, o homem segue detido e está à disposição da justiça.

Em privatização do SUS, governo federal busca ‘modelos de negócios’ para unidades básicas

.

.

Tidas como porta de entrada do SUS, unidades básicas de saúde entraram na mira de um programa de concessões e privatizações do governo, o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Um decreto que inclui a política de atenção primária em saúde dentro do escopo de interesse do programa foi publicado nesta terça (27) no Diário Oficial da União.

A medida gerou reação de especialistas e entidades em saúde, que temem uma “privatização” na área, hoje um dos pilares do atendimento no sistema público.

O decreto é assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Na prática, o texto prevê que sejam feitos estudos “de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de unidades básicas de saúde”.

A ideia do governo é estruturar projetos-piloto para esse tipo de parceria. A seleção ficaria a cargo da Secretaria Especial do PPI no Ministério da Economia –no decreto, não há menção ao Ministério da Saúde.

A reportagem questionou se a pasta havia sido comunicada da iniciativa, mas não recebeu resposta até então.

Segundo o PPI, o principal ponto do projeto é “encontrar soluções para a quantidade significativa de unidades básicas de saúde inconclusas ou que não estão em operação no país”. Questionado sobre qual seria a contrapartida ao setor privado, o programa disse apenas que a medida está em análise de possíveis “modelos de negócios”

“Importante destacar que caberá ao PPI coordenar os esforços em busca da construção de modelos de negócios, mas a condução da política pública será realizada pelo Ministério da Saúde. Não se trata de delegar ao privado as funções de Estado, mas de aprimorar a prestação de serviços”, informa.

O órgão diz ainda que trabalhará com o Ministério da Saúde e ao BNDES na definição de diretrizes para elaboração dos projetos, para, em seguida, selecionar municípios e consórcios “que tenham interesse nessas parcerias”.

“Sabemos do desafio de levar mais infraestrutura e serviços de qualidade a diversos municípios do Brasil e acreditamos que o modelo de PPPs será chave para alcançarmos os resultados que a população tanto merece”, afirmou, também em nota, a secretária especial do PPI, Martha Seillier.

Ainda não há estimativa de quantas unidades podem ser incluídas nessas parcerias. Atualmente, o país tem 44 mil unidades básicas de saúde. A reportagem questionou quantas outras estão fechadas ou não tiveram obras concluídas, mas não teve resposta até o momento.

A possibilidade de abrir espaço para o setor privado na construção e funcionamento destes postos, no entanto, tem gerado reação de especialistas e entidades na área da saúde.

Em vídeo divulgado nesta terça, o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto, disse ver na medida uma privatização dos postos de saúde. Segundo ele, o conselho realiza uma análise de eventuais medidas legais diante do caso.

Para Gulnar Azevedo, presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), a situação é “preocupante”.

“Embora coloque como estudo-piloto, as coisas começam assim. Isso é a porta aberta para a desconstrução do SUS. Não se sabe se vão respeitar as condições do sistema”, afirma ela, que questiona a falta de consulta, pelo governo, a entidades de saúde sobre a proposta.

Avaliação semelhante sobre os riscos da medida é apontada por Ricardo Heinzelmann, da SBMFC (Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade), que reúne médicos que atuam na atenção básica.

Para ele, a situação ameaça políticas nacionais que ocorreram pela atenção básica –caso da Saúde da Família, que ajudou a reduzir indicadores de doenças crônicas e mortes no país. “Qual seria o interesse do setor privado para atuar nesse nicho do mercado?”, questiona.

“Há risco de se perder ações importantes da saúde da família, como a abordagem comunitária. Falamos de uma população vulnerável”, completa.

Heinzelmann vê uma diferença na proposta em relação ao modelo das OSS (organizações sociais de saúde), que funcionam em parte do país.

“As OSs não constroem, enquanto a PPP vai além nisso: ele poderia construir e ser como um proprietário daquele serviço. Há um avanço maior no campo da privatização quando falamos nessa lógica”, diz.

Questionado sobre os riscos apontados pelos especialistas, o Ministério da Saúde não respondeu.

 

Mundo: China afirma ter encontrado Coronavírus em carne exportada pelo Brasil

.

.

Após ter encontrado coronavírus em frangos importados do Brasil no mês de agosto e não ter sido esclarecido nem mostrado a contraprova às autoridades brasileiras, a China volta a afirmar que outro lote foi enviado ao país com resíduos do vírus, desta vez com a carne bovina.

Uma inspeção foi feita no Porto de Dalian, na China, e autoridades chinesas detectaram vestígios de coronavírus na embalagem.

A carne saiu do frigorífico Minerva, da cidade de Barretos (SP), um dos maiores do país, ficando atrás da JBS e Marfrig. O comunicado já foi enviado à embaixada do Brasil em Pequim.

Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos é preso no ES, diz governador

.

.

A polícia do Espírito Santo prendeu na madrugada desta terça-feira (18), em Betim (MG), o homem de 33 anos apontado como responsável por estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos, no interior do estado.

O anúncio foi feito nesta manhã pelo governador do ES, Renato Casagrande, em postagem no Twitter. A identificação do tio da criança não foi informada. Na publicação, Casagrande não traz mais detalhes sobre as circunstâncias da prisão, mas afirma que novas informações sobre a operação serão divulgadas ainda nesta terça.

“Que sirva de lição para quem insiste em praticar um crime brutal, cruel e inaceitável dessa natureza”, afirmou o governador.

O suspeito de 33 anos será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha, na Grande Vitória. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e ameaça e estava foragido desde a última semana.

O caso ganhou repercussão nacional neste fim de semana após a possibilidade de o feto gerado pelo estupro ser abortado pela criança. Grupos religiosos de fundamentalistas e extremistas, incluindo deputados e vereadores, passaram a criticar a interrupção da gravidez, alegando que isto seria um assassinato. No entanto, o Código Penal brasileiro permite o aborto em casos de o feto ter sido gerado por violência sexual.

A Justiça do Espírito Santo ordenou que o procedimento fosse feito, respeitando, inclusive, a vontade da criança. Entretanto, um hospital no estado se negou a realizá-lo, alegando razões técnicas.

A garota, então, foi transferida para uma unidade de referência no Recife, onde iniciou o processo de interrupção no domingo (18), concluído nesta segunda (19) (veja aqui). Na porta do hospital, grupos se reuniram para tentar impedir o aborto, chamando a criança e os médicos de “assassinos” (veja aqui). 

Vale lembrar que a criança era estuprada desde os 6 anos. A Polícia Civil do Espirito Santo afirma que teve conhecimento do caso quando a menina deu entrada em um hospital público da cidade de São Mateus, a 220 km de Vitória, com suspeita de gravidez. (Atualizada às 08h52) BN.

Fernando Gomes confirma reabertura do comércio em Itabuna para quinta-feira

.

.

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC), confirmou a reabertura do comércio na cidade acontecerá na próxima quinta-feira (9). Ele justificou que a medida foi tomada em razão da ampliação na quantidade de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. 

Fernando afirmou que a retomada seguirá normas rigorosas e pediu que a população só compareça ao comércio da cidade se tiver extrema necessidade – e com o uso de máscara. 

“Vamos abrir, os primeiros dias serão sem o ônibus, para somente (vir) quem realmente precise. Espero que os comerciantes cumpram nosso decreto, caso contrário torno a fechar o comércio de Itabuna”, disse o prefeito em vídeo. 

Na última semana, Fernando Gomes se envolveu em uma polêmica ao afirmar que iria abrir o comércio “morra quem morrer”

Projeto quer prorrogar auxílio emergencial de R$ 600 por um ano

.

.

O Projeto de Lei 2283/20 aumenta para um ano o período de concessão do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais. Pela Lei 13.982/20, o benefício será concedido por três meses – abril, maio e junho – para trabalhadores cuja renda familiar mensal per capita seja de até meio salário-mínimo ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos.

Apresentado por 51 dos 53 deputados da bancada do PT, a proposta está em análise na Câmara dos Deputados. Os deputados do partido alegam que o período de três meses previsto para o pagamento do auxílio “não será suficiente diante da previsão de contaminação pela Covid-19 até julho ou agosto”.

“Além disso, haverá um período de transição entre o choque do isolamento e a efetiva retomada da atividade, uma vez que o mercado de trabalho costuma ser o último a reagir em momentos de crise”, afirmam.

O PL 2283/20 altera a Lei 13.982/20 e prevê que, após o pagamento do auxílio por 12 meses, o período de concessão do benefício poderá ser prorrogado novamente por ato do Poder Executivo.​

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Região: Empresário acusado de matar a ex-esposa é preso em outro Estado. Polícia utilizou drone na prisão

.

.

Uma operação das Polícias Civil de Minas Gerais e da Bahia terminou com a prisão de um empresário investigado por matar a ex-esposa a tiros em 23 de setembro de 2019. O homem foi encontrado nesta quarta-feira (6) em Verdelândia (MG), mas o crime ocorreu em Brumado (BA). Eles têm uma filha de 10 anos.

Segundo a Polícia Civil, antes de fugir, o empresário do ramo de transportes ligou para a mãe da vítima confessando o assassinato. O homem, de 44 anos, estava escondido em um sítio e apresentou um nome falso ao ser abordado. Vários documentos com a foto dele e dados falsificados, como CPF e Certidão de Nascimento, foram encontrados na propriedade. O G1 não conseguiu localizar a defesa do investigado.

Após rastreamentos, os policiais conseguiram identificar que o empresário estava no sítio no Norte de MG, que fica a cerca de 400 quilômetros do local onde o feminicídio ocorreu. Uma operação foi montada e com o uso de um drone a equipe conseguiu visualizar o carro dele estacionado em frente ao esconderijo. Logo em seguida, foi feita a abordagem.

Bahia tem 14 pacientes curados do novo coronavírus, revela Rui Costa. 1ª morte no Nordeste foi registrada

.

.

A Bahia tem 14 pacientes curados do novo coronavírus de acordo com o governador Rui Costa (PT). O governador manteve o pedido para que a população siga em isolamento social, nesta quarta-feira (25).

“Temos noticias boas como os 14 curados da Bahia. E a noticia ruim com a primeira morte no nordeste, em Pernambuco, no Recife, de uma paciente de acima de 80 anos. E temos casos graves aqui na Bahia e torcemos que todos possam se recuperar, do sistema privado”, disse Rui em entrevista a TV Record.

Rui revelou que a situação preocupa bastante e pediu a colaboração da população dizendo que se o serviço não for essencial que fique em casa. “O melhor remédio contra o coronavírus é ficar em casa”, alertou.

Itororó: Prefeitura suspende aulas na rede pública a partir da próxima segunda-feira (23)

.

.

Prefeitura de Itororó divulgou hoje (17) que vai suspender as aulas na rede pública de ensino municipal a partir da próxima segunda-feira (23) devido ao coronavírus.

Como Itororó ainda não registrou nenhum caso de transmissão comunitária – quando o contágio acontece sem envolver pessoas que viajaram para áreas de risco – provavelmente seja este o motivo da manutenção das aulas nesta semana. Ademais, as famílias precisam de tempo para se organizar em relação às crianças.

Lembrando que os mais velhos formam o grupo de maior risco dos efeitos do coronavírus. ASCOM.

Ator Milton Gonçalves é internado após sofrer Acidente Vascular Cerebral

.

.

O ator Milton Gonçalves, 86 anos, está internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, após sofrer um acidente vascular cerebral. A internação ocorreu na manhã da última segunda-feira (10). A assessoria do hospital confirmou a informação. 

Segundo o boletim médico, o ator sofreu um acidente vascular cerebral isquêmico (quando ocorre falta de corrente sanguínea em uma área do cérebro por conta da obstrução de uma artéria). 

Ainda de acordo com informações, Milton recebeu atendimento clínico e cirúrgico endovascular. O ator está internado na unidade neuro intensiva. O boletim, por fim, aponta que o paciente “inspira cuidados” (CB)



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia