WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
casa bellame construtorajunior moveis e eletros clinica bem estarpet love


ITORORÓ: ELEITOR - QUAL SERIA O MELHOR HORÁRIO PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

View Results

Carregando ... Carregando ...
abril 2018
S T Q Q S S D
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
adega 33

pizzaria garoto senna

lc ceocell

leo gas

tecnet

guri polpas

leo divulgacoes

nova casa

academia pro corpo

acougue gomes

alianca cosmeticos variedades

farmacia dias

hn informatica



:: ‘Brasil’

Grávidas em áreas perigosas e mais demissão; o que muda na lei trabalhista

.

.

A medida provisória que alterou pontos da reforma trabalhista deve perder a validade na próxima segunda-feira (23). Com isso, a reforma volta a valer integralmente, incluindo pontos polêmicos, como permitir que grávidas trabalhem em locais insalubres (que fazem mal à saúde), com radiação, frio e barulho, por exemplo, e que as empresas demitam seus empregados para, em seguida, recontratá-los como trabalhadores intermitentes, que recebem apenas por hora trabalhada. Editada pelo governo uma semana depois de a nova CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) entrar em vigor, em novembro, a MP precisaria ser votada e aprovada pela Câmara e pelo Senado para ser sancionada pelo presidente até segunda, mas não há mais tempo.

O governo até pode editar a mesma medida provisória, mas só daqui a um ano. A partir de segunda, qualquer mudança na reforma, seja para resgatar os pontos da MP ou introduzir outra alteração, deve ser feita via projeto de lei comum, segundo o advogado trabalhista Alan Balaban. Eventuais projetos precisam ser propostos, votados nas duas Casas e sancionados pelo presidente. Para o trabalhador, o recomendado é entender bem quais regras passam a valer a partir de segunda para descobrir se elas terão algum impacto no seu emprego. “Em seis meses, tivemos três legislações trabalhistas diferentes em vigor no país [antiga CLT, nova CLT e nova CLT alterada pela MP), o que causa uma enorme insegurança jurídica. É importante cada trabalhador saber exatamente como será afetado”, diz Balaban.

MP foi promessa do governo

A MP da reforma trabalhista foi resultado de uma promessa feita pelo governo para conseguir aprovar mais rapidamente a nova legislação, no ano passado. Quando o texto da nova CLT já tinha sido aprovado pela Câmara, senadores discutiam fazer ajustes por não concordar com alguns pontos dela. Se o Senado fizesse qualquer mudança, o texto teria que voltar para a Câmara para ser analisado novamente. Para evitar esse atraso, o governo propôs um acordo: se os senadores aprovassem a reforma como estava, faria essas mudanças depois, por meio de vetos e de uma medida provisória. Os senadores aceitaram e aprovaram a reforma sem mudanças. O governo não vetou nenhum ponto, mas editou a MP. Uma medida provisória, porém, só tem validade de 60 dias, podendo ser prorrogada por mais 60. Para de fato virar lei, é preciso que, dentro desse período, ela seja votada pelo Congresso e sancionada pelo presidente.

Oposição diz que o governo mentiu Mas não houve interesse dos parlamentares governistas  em aprovar a MP, e a base aliada não se mobilizou para votá-la. A questão também esbarrou na oposição do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Responsável por pautar as votações, ele já se manifestou diversas vezes contra a MP. No início de abril, por exemplo, disse que “a gente estava andando para trás com a MP. Claro que, se fosse aprovada pela comissão, [o conjunto da Câmara] votaria no plenário. Mas, não sendo, voltamos ao texto anterior, que é o que defendemos”.  A oposição criticou o governo Temer, dizendo que ele mentiu. “Eu tinha certeza que isso ia acontecer”, afirmou o senador Paulo Paim (PT-RS) ao “Congresso em Foco”. “O governo faltou com a verdade. Ludibriou, enganou a sua própria base quando disse que ia vetar alguns artigos, ou até mesmo alterar [a reforma trabalhista] via medida provisória. Eu não poderia esperar outra coisa de um governo como esse, que não tem compromisso nenhum com o povo brasileiro”, disse. Veja abaixo os principais pontos que a MP tinha ajustado e saiba como eles ficam agora.

Trabalho intermitente (sem horário fixo)

O que diz a reforma trabalhista: a reforma criou uma nova forma de contratação, chamada de trabalho intermitente, em que os funcionários não têm garantido tempo de trabalho mínimo e ganham de acordo com as horas ou dias de serviço. O funcionário pode ser chamado para trabalhar ou não. Por outro lado, pode trabalhar para mais de uma empresa. O que dizia a medida provisória: pela MP, uma empresa não podia demitir um trabalhador com contrato normal e recontratá-lo imediatamente como intermitente. Para fazer isso, teria que esperar pelo menos 18 meses.  Como ficará: como não haverá mais restrições, a empresa poderá demitir os funcionários e, em seguida, recontratá-los como intermitentes. 

Grávida em lugar que faz mal à saúde

O que diz a reforma trabalhista: mulheres grávidas podem trabalhar em locais insalubres de grau mínimo ou médio, a não ser que apresentem um atestado médico recomendando que sejam afastadas do emprego. O mesmo vale para as mulheres que estão amamentando –nesses casos, elas também podem trabalhar em locais de insalubridade máxima. O que dizia a medida provisória: as grávidas não podiam trabalhar em locais de insalubridade mínima ou média, a menos que apresentassem um atestado médico liberando isso. O atestado devia ser de um médico de confiança da funcionária, e ela devia apresentá-lo se quiser. A empresa não podia forçar que ela trabalhasse em local insalubre.

4/7 Como ficará: Grávidas poderão trabalhar em locais de insalubridade média ou mínima. Para serem afastadas desses locais, precisarão de um atestado médico. No caso da insalubridade de grau máximo, o trabalho das gestantes é vetado. Mulheres que estão amamentando poderão trabalhar em locais de insalubridade máxima, média ou mínima, exceto se apresentarem veto em atestado médico. 

:: LEIA MAIS »

Médica encontrada morta nunca esteve em cidades da região de Conquista; família foi vítima de trotes

.

.

O corpo encontrado no Rio Jucu, na divisa entre Domingos Martins e Viana, na região Serrana do Espírito Santo, na noite deste domingo (15), é da médica Jaqueline Colodetti. A informação é da Polícia Civil. Jaqueline estava desaparecida desde o dia 3 de abril.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado (Sesp), o corpo estava próximo a uma torre de telefonia, vestia calça jeans e um sutiã. O local fica a 1 km da ponte do Rio Jucu, onde também foi deixado o carro da cardiologista no dia do desaparecimento, segundo o Corpo de Bombeiros.

De acordo com a assessoria da família de Jaqueline, a confirmação chegou na tarde desta segunda-feira (16). No Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, a identificação foi feita a partir da análise da prótese mamária, roupas, aparelho dentário e arcada dentária.

A cardiologista sumiu quando voltava de Santa Leopoldina, onde trabalha, para Cariacica, onde mora. Ela tinha 50 anos e deixa três filhos.

A família fez a liberação do corpo na tarde desta segunda. O sepultamento da médica será no cemitério de Cruzeiro do Sul, em Campo Grande, Cariacica, às 11h desta terça-feira (17).

As investigações sobre as causas da morte seguirão sob responsabilidade da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM).

Desaparecimento

A médica saiu de casa, em Campo Grande, Cariacica, na Grande Vitória, às 8h30 do dia 3 de abril. Imagens de segurança da garagem do prédio onde ela mora mostram a cardiologista saindo para trabalhar.

A família começou as buscas e encontrou o carro da médica fechado, com todos os pertences dentro, em uma estrada próximo à ponte do Rio Jucu, entre Viana e Domingos Martins.

Moradores de um sítio da região viram a médica dentro do carro estacionado. Dois moradores contaram que ela ficou parada dentro do carro por cerca de duas horas.

Pistas e procura

Dias após o desaparecimento, a família recebeu a notícia de que Jaqueline havia pegado carona com um caminhoneiro de Planalto até Poções, também na Bahia, no dia 6 de abril. Segundo ele, a médica estava com fome e confusa.

Diante da novidade, parte da família seguiu para a Bahia. Os parentes percorreram a cidade onde Jaqueline teria sido vista com o objetivo de encontrá-la.

Neste sábado (14), outra informação surgiu e deu esperança aos parentes. Pessoas disseram que teriam visto a médica em Jaguaquara, no interior da Bahia, no dia 11.

Todas as notícias foram falsas, o que mostra o quando essa família sofreu durante todo esse tempo a procura da médica.

Bahia: Família tem nova pista sobre paradeiro de médica desaparecida

.

.

Desaparecida desde o dia 3 de abril, a médica capixaba Jaqueline Colodetti, de 50 anos, pode estar andando por cidades do interior baiano, mais precisamente em municípios do Sudoeste baiano. Segundo a assessoria da família da cardiologista, em matéria no Bahia Notícias, a última informação é de que testemunhas teriam visto a médica em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. Por conta disso, familiares estão na região em busca de mais informações. A Polícia Civil baiana também acompanha o caso. Conforme relato de moradores, Jaqueline Colodetti estava de cabelo amarrado, boné e com roupa diferente do que usava na última vez que foi vista. Uma sobrinha da médica, Raíza Colodetti, disse que a cardiologista pode ter viajado de carona com caminhoneiros, conforme relatos de moradores. A médica foi vista pela última vez em Poções, no sudoeste baiano, após pegar carona com um caminhoneiro. O motorista disse que a profissional aparentava sinais de confusão mental. Familiares da médica acreditam que a médica sofreu uma perda súbita de memória. Quem tiver informações pertinentes sobre o caso pode discar para o 190, 181 [dique denúncia], ou nos telefones: (27) 99989-3396, (27) 98802-6205 ou (27) 99909-1524. Blog do Rodigo Ferraz.

.

.

Quatro deputados federais da Bahia estão entre os piores do Brasil

.

.

Quatro deputados federais da Bahia figuram entre os 30 piores do Brasil, de acordo com nova atualização do Ranking dos Políticos, ferramenta que analisa e classifica a atuação e histórico de processos dos 513 parlamentares. Último no ranking do estado, Luiz Caetano (PT) ocupa na 505ª posição nacional. Em levantamentos anteriores da plataforma, o petista já tinham o pior resultado entre os baianos. Depois dele vem Afonso Florence (PT), que está no 490º lugar. Waldenor Pereira (PT), na 489ª colocação, e Daniel Almeida (PCdoB), na 487ª, completam a lista. No Ranking dos 30 piores, a Bahia só perde para São Paulo em número de deputados – são cinco paulistas. 

Critérios
Para elaborar o ranking, os idealizadores levam em conta seis critérios: assiduidade nas sessões,  gastos com cota parlamentar, quantidade de processos judiciais a que responde, atividade legislativa, formação universitária e filiação partidária – quanto mais filiações, menos ponto terá o deputado. 

Na outra ponta
 O deputado federal João Gualberto (PSDB) é o melhor baiano no Ranking dos Políticos e ocupa a 29ª posição nacional. José Rocha (PR) é o segundo do estado e está no 75º lugar nacional. Jutahy Junior (PSDB), Paulo Azi (DEM) e Benito Gama (PTB) integram a lista dos cinco melhores da Bahia, de acordo com a ferramenta. Gualberto, que é pré-candidato ao governo do estado, e Rocha já figuravam na liderança entre os baianos no ano passado. 

Senadores
Entre os três senadores da Bahia, Otto Alencar (PSD) é o melhor posicionado no ranking. O presidente do PSD baiano aparece no 21ª lugar entre os 83 integrantes da Casa Alta. Roberto Muniz (PP) vem em seguida, na 50ª posição geral, enquanto Lídice da Mata (PSB) está em terceiro na Bahia e em 74º no nacional. 

Os melhores
No ranking geral, dois gaúchos aparecem na liderança entre deputados e senadores. Na Câmara, o melhor ranqueado é Luiz Carlos Heinze (PP), enquanto no Senado a líder é Ana Amélia (PP). 

A volta…
Lideranças da base governista garantem que o ‘clima azedou’ para os integrantes do PR. Os republicanos chegaram a cogitar migrar para a oposição e marcar presença na chapa majoritária, mas acabaram ficando com o governador Rui Costa. A avaliação é que eles perderam prestígio com o petista e seus aliados mais próximos. “Eles tensionaram, mas não conseguiram nada. Perderam mais do que ganharam”, diz um deles. 

Na briga
Mesmo com o favoritismo do PRB na disputa pela vaga ao Senado na chapa de  oposição, o PSC continua brigando pelo espaço. O presidente estadual do partido, Eliel Santana, já levou o pleito ao pré-candidato ao governo João Gualberto (PSDB) e pretende dialogar também com José Ronaldo (DEM), outro postulante da oposição. O Correio.

Itororó: Casa Lotérica da cidade já está sob nova direção

.

.

A Casa Lotérica de Itororó Sena de Ouro estará funcionando a partir desta sexta-feira, 13, sob nova direção. O novo proprietário do local informou que a Lotérica ficará dois dias sem atendimento para que ajustes no próprio sistema da Caixa sejam realizados e que amanhã os serviços serão regularizados e realizados normalmente.

Segundo informações, o proprietário que é morador da região implantará novos serviços a Lotérica nos próximos dias e vai garantir a população um atendimento mais amplo aos serviços que a Lotérica já oferece. Pagamento de boletos, contas de telefone, jogos variados entre outros.

A Lotérica receberá também nova estrutura física para realizar o atendimento da população com mais qualidade.

Informações do Blog Itororó Já

.

.

Digitais de assassino da vereadora Marielle Franco são achadas pela polícia

.

.

Policiais civis e federais responsáveis pela investigação da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes encontraram as digitais parciais do assassino ou da pessoa que colocou munição na pistola 9mm utilizada no crime, ocorrido no dia 14 de março. De acordo com o jornal O Globo, elas foram colhidas em cápsulas achadas por peritos na esquina das ruas João Paulo I e Joaquim Palhares, no bairro do Estácio, onde ocorreu o ataque. Ainda segundo a publicação, as digitais encontradas, na avaliação dos peritos, estão fragmentadas, mostrando que, em um primeiro momento, não podem ser comparadas com as armazenadas no banco de dados das polícias do Rio e Federal. Porém, segundo agentes que atuam no caso, é possível confrontá-las com as de um eventual suspeito. “Elas são microscópicas, fragmentadas. Estamos fazendo todo o esforço possível”, afirmou um policial que integra a equipe responsável pelas apurações. Os policiais chegaram a essas digitais após examinar nove cápsulas, oito do lote UZZ 18, vendido pela Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) em dezembro de 2006 para o Departamento da Polícia Federal em Brasília e distribuído para todo o país. A nona faz parte de um carregamento importado. Investigadores apontam que ela tem características especiais, semelhantes à de um projétil disparado em um homicídio que ocorreu em outro ponto da Região Metropolitana do estado.

.

.

Internacional: Queda de avião mata 257 pessoas na Argélia

.

.

Mais de 250 pessoas, incluindo membros da Frente Polisário, movimento de independência do Saara Ocidental, morreram quando um avião militar da Argélia caiu em um campo nas redondezas da capital, Argel, nesta quarta-feira (11), disseram autoridades. Um total de 257 pessoas morreram na queda, relatou a TV estatal. 

O avião de transporte Ilyushin II-76, com capacidade para 247 passageiros e 10 tripulantes, caiu em um campo muito próximo à base. Dezenas de ambulâncias e veículos do corpo de bombeiros foram enviados para o local da tragédia. Os canais de televisão exibiam imagens do avião em chamas e uma fileira de corpos cobertos por sacos brancos. Um membro do partido governista da Argélia, FLN, disse à emissora de televisão Ennahar que os mortos incluíam 26 membros da Frente Polisário, um grupo apoiado pela Argélia que luta pela independência do Saara Ocidental –um território também reivindicado pelo Marrocos em uma disputa de longa data.

O Ministério de Defesa da Argélia disse que o avião estava a caminho de Tindouf, no sudoeste da Argélia, antes de cair em um campo dentro do perímetro do aeroporto.

Em fevereiro de 2014, 77 pessoas – militares e seus parentes – morreram na queda de um Hercules C-130 do exército argelino a 500 km da capital Argel. Apenas uma pessoa sobreviveu ao acidente, que o ministério da Defesa atribuiu na época às más condições meteorológicas.

(Com agências Reuters e AFP)

Pelo menos 80 deputados trocam de legenda durante a janela partidária. MDB lidera perdas

.

.

“G1”

Levantamento mostra que, pelo menos, 80 deputados federais aproveitaram o período conhecido como janela partidária para mudar de partido (veja a lista ao final da reportagem).

O levantamento não leva em consideração detentores de mandato que estão fora do exercício parlamentar, ou seja, não estão na entre os 513 parlamentares que, atualmente, compõem a Câmara.

A janela partidária é um período de 30 dias, previsto em lei, em que deputados federais e estaduais podem mudar de partido sem a possibilidade de perder o mandato por infidelidade partidária.

O prazo terminou na última sexta-feira (6), mas os partidos têm até a sexta (13) desta semana para comunicar os novos filiados à Justiça Eleitoral.

A lista com todos os filiados em cada partido deverá ser divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 18 deste mês. A filiação partidária é um dos requisitos para o registro de candidatura para a eleição.

Enquanto isso, a Câmara dos Deputados mantém um balanço parcial das mudanças informadas diretamente à casa legislativa.

Ao trocar de sigla, os parlamentares e partidos miram as eleições de 2018. Mas, além das questões eleitorais, as mudanças alteram o tamanho das bancadas com representação na Câmara, provocando efeitos já nos trabalhos da Casa.

Nas discussões e votações, o tamanho da bancada é o critério, por exemplo, para o tempo de discurso dos líderes, para a apresentação de destaques e de requerimentos de urgência.

Nas comissões, o tamanho das bancadas é critério para a composição dos colegiados. Por isso, a expectativa é de que, depois de terminada a janela, seja aprovada uma resolução reorganizando o espaço dos partidos nas comissões de acordo com o número de deputados que cada um tem na Casa.

Entre outros motivos para as mudanças partidárias, estão recursos para campanhas eleitorais e afinidade programática.

Além disso, as disputas locais mobilizaram os deputados, que, em alguns casos, trataram a questão de forma pragmática e negociaram a sua ida de acordo com as alianças no estados.

Perdas e ganhos

Segundo o levantamento, o MDB foi o partido que mais perdeu deputados durante o período. Foram, pelo menos, 16 perdas no partido do presidente da República Michel Temer.

O PSB, que recentemente contou com a filiação do ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, soma, ao menos, 10 perdas.

O Solidariedade, com pelo menos 6 perdas, completa o ranking dos que mais tiveram debandada de parlamentares.

Por outro lado, o DEM, partido a que é filiado o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi reforçado por 14 deputados. PSL (8), partido para o qual migrou o pré-candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (RJ), e PR (7) ocupam, respectivamente, a segunda e a terceira posição na lista dos que mais ganharam.

:: LEIA MAIS »

Sessão do STF é suspensa após ataques entre ministros Barroso e Gilmar Mendes

.

.

A sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quarta-feira (21) foi suspensa duas horas depois de iniciada devido a uma troca de acusações entre os ministros Luiz Roberto Barroso e Gilmar Mendes.

Barroso reagiu a uma fala de Gilmar Mendes, que criticava decisões do STF, sobretudo a que proibiu as empresas de doarem para campanhas eleitorais – a Corte discutia na sessão a proibição de doações ocultas.

Em determinado momento, Gilmar Mendes fez referência a decisão de 2016, na qual a Primeira Turma revogou a prisão preventiva de cinco médicos e funcionários de uma clínica de aborto. O voto que conduziu a decisão foi de Barroso.

“Claro que continua a haver graves problemas. […] É preciso que a gente denuncie isso! Que a gente anteveja esse tipo de manobra. Porque não se pode fazer isso com o Supremo Tribunal Federal. ‘Ah, agora, eu vou dar uma de esperto e vou conseguir a decisão do aborto, de preferência na turma com três ministros. E aí a gente faz um 2 a 1”, disse.

Depois disso, Barroso se insurgiu contra o pronunciamento do colega.

“Me deixa de fora desse seu mau sentimento, você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com atraso e pitadas de psicopatia. Isso não tem nada a ver com o que está sendo julgado. É um absurdo vossa excelência vir aqui fazer um comício cheio de ofensas, grosserias. Vossa excelência não consegue articular um argumento, fica procurando, já ofendeu a presidente, já ofendeu o ministro Fux, agora chegou a mim. A vida para vossa excelência é ofender as pessoas, não tem nenhuma ideia, nenhuma, nenhuma, só ofende as pessoas”, declarou Barroso durante a sessão, transmitida ao vivo pela TV Justiça.

Após a fala de Barroso, a presidente do STF, Cármen Lúcia, anunciou que suspenderia a sessão, mas Gilmar Mendes rebateu o colega.

“Presidente, eu estou com a palavra e continuo, presidente. Continuo com a palavra, presidente, eu continuo com a palavra. Presidente, eu vou recomendar ao ministro Barroso que feche seu escritório, feche seu escritório de advocacia”, disse Gilmar Mendes.

Em seguida, a sessão foi suspensa por Cármen Lúcia, e os ministros deixaram o plenário.

Após a sessão, o ministro Luís Roberto Barroso enviou uma carta à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, afirmando que se desligou de seu escritório de advocacia em 2013, antes de sua posse no Supremo.

Segundo ele, houve “informação falsa feita hoje em plenário”. “Jamais atuei em processo por ele [escritório] patrocinado ou por qualquer de seus sócios”, disse o ministro. G1.

Confira o vídeo completo:

Vereadora do PSOL, Marielle Franco é morta a tiros na Região Central do Rio

.

.

A vereadora Marielle Franco foi morta a tiros dentro de um carro na Rua Joaquim Palhares, no bairro do Estácio, na Região Central do Rio, por volta das 21h30 desta quarta-feira (14). Além da vereadora, o motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes, também foi baleado e morreu. Uma outra passageira, assessora de Marielle, foi atingida por estilhaços. A principal linha de investigação da Delegacia de Homicídios é execução.

Segundo as primeiras informações da polícia, bandidos em um carro emparelharam ao lado do veículo onde estava a vereadora e dispararam. Marielle foi atingida com pelo menos quatro tiros na cabeça. A perícia encontrou nove cápsulas de tiros no local. Os criminosos fugiram sem levar nada.

A passageira atingida pelos estilhaços foi levada para o Hospital Souza Aguiar e liberada. Em seguida, ela foi levada para prestar depoimento na DH.

Marielle havia participado no início da noite de um evento chamado “Jovens Negras Movendo as Estruturas”, na Rua dos Inválidos, na Lapa.

No momento do crime, a vereadora estava no banco de trás do carro, no lado do carona. Como o veículo tem filme escuro nos vidros, a polícia trabalha com a hipótese de os criminosos terem acompanhado o grupo por algum tempo, tendo conhecimento da posição exata das pessoas. O motorista foi atingido por pelo menos 3 tiros na lateral das costas.

A polícia buscará imagens de câmeras da região para determinar o trajeto do carro e desde onde ele passou a ser seguido. O local exato do crime fica quase em frente a um posto do Detran, que na hora estava fechado. Do outro lado da rua há uma concessionária que também estava fechada.

Em nota, o Secretário de Estado de Segurança, Richard Nunes, disse que determinou ampla investigação e que a acompanha junto com o chefe de Polícia Civil, Rivaldo Barbosa, o andamento do caso.

O deputado estadual do PSOL Marcelo Freixo disse que o crime é “inadmissível”. “A gente vai cobrar com rigor, todas as características são de execução. Evidente que vamos aguardar todas as conclusões da polícia, cabe à polícia fazer a investigação, mas a gente, evidentemente, não vai nesse momento aliviar isso. As características são muito nítidas de execução, queremos isso apurado de qualquer maneira, o mais rápido possível”, afirmou ele. Freixo disse que a vereadora nunca tinha sofrido nenhuma ameaça.

O corpo de Marielle será velado na Câmara dos Vereadores a partir das 11h desta quinta-feira (15).

Interpol localiza em Angola mais de 500 kg de cocaína que saíram do Brasil

.

.

Mais de meia tonelada de cocaína pura foi localizada no Porto de Luanda, em Angola, na África, escondida em contêineres que saíram de Santos, no litoral de São Paulo. Segundo autoridades internacionais, trata-se do mesmo carregamento que um brasileiro tentou recuperar no Marrocos, mas acabou preso em flagrante.

autônomo Márcio Ricardo de Oliveira, de 40 anos, de Cubatão (SP), é suspeito de chefiar uma quadrilha que foi desmantelada no porto marroquino de Casablanca com 541 kg da droga. Investigações apontaram que ele saiu do Brasil para recuperar a carga, que mudou de trajeto inesperadamente, para levá-la à Europa.

Após a prisão do brasileiro e de mais cinco pessoas, parte do mesmo lote de contêineres foi deslocada para que fosse transportada em outro navio, visando a entrega no destino final da carga. Eles não foram revistados, mas por pertencerem ao carregamento original, houve a suspeita de que tivessem mais cocaína escondida.

Conforme apurado pelo G1, a Interpol se mobilizou e acionou o Serviço de Investigação Criminal de Angola. O Porto de Luanda era a próxima escala da embarcação. Os contêineres com sacas de açúcar, do mesmo lote que saiu de Santos, foram desembarcados e, dentro deles, outras centenas de tabletes de cocaína estavam armazenadas.

O representante local da Interpol, Destino Pedro, afirmou à imprensa que o país não era o real destino do entorpecente. Fontes confirmaram ao G1 que a cocaína também deveria ter sido desembarcada em um porto europeu anteriormente, e era alvo do fracassado resgate, cuja coordenação seria do brasileiro preso no Marrocos.

A imprensa angolana noticiou, ainda, que tripulantes italianos do navio Grande Buenos Aires, inclusive o comandante da embarcação na qual foram transportados os contêineres, foram detidos na ação. O navio, conforme sites públicos de monitoramento, permanecia até esta quinta-feira (29) retido no cais, de onde deveria ter saído há cerca de cinco dias.

.

.

Ao G1, um representante do escritório brasileiro da Grimaldi, dona do cargueiro, afirmou, na quarta-feira (28), que “não tinha informações que pudessem ser divulgadas”. Autoridades estrangeiras confirmaram, ainda, que a bordo de outro navio, o Grande Brasile, da mesma empresa, as mais de uma tonelada da droga viajaram de Santos a Casablanca.

Pureza máxima

Após a apreensão da primeira metade do carregamento de cocaína no Marrocos, a polícia científica do país, em análise das substâncias, constatou que a droga apresentava 97% de pureza. Os investigadores que acompanham o caso acreditam que ela tenha sido fabricada nos países andinos vizinhos ao Brasil.

Após cruzar a fronteira, o carregamento foi levado até o cais santista, onde acabou escondido no Grande Brasile, que fez escala no porto em janeiro. Autoridades federais brasileiras verificam a eventual participação de Oliveira no esquema. Estima-se que, na Europa, o carregamento total seria vendido por cerca de R$ 160 milhões.

Brasileiro

Autoridades investigam se o brasileiro Márcio Ricardo de Oliveira era o chefe de um grupo de traficantes internacionais preso enquanto tentava recuperar uma carga de cocaína, desembarcada erroneamente no Porto de Casablanca, para levá-la a países europeus. O Itamaraty acompanha o caso.

Oliveira foi preso com outras cinco pessoas, de nacionalidades não informadas, que se preparavam para receber a carga ilegal no cais. Com o grupo, havia uma grande quantia em dinheiro, em diversas moedas, e cinco veículos de alto padrão que seriam utilizados em uma eventual fuga, que acabou frustrada.

As investigações iniciais apontam que a droga não era destinada a ser distribuída no Marrocos ou em nações vizinhas. Na verdade, a cocaína, que foi produzida em países da América do Sul e, posteriormente, escondida em um contêiner em Santos, seria desembarcada em uma escala na Europa, o que não ocorreu.

Desde a prisão, o governo brasileiro afirma que apura as reais circunstâncias do ocorrido. O Itamaraty, por meio de nota, somente disse que a Embaixada do Brasil em Rabat, capital marroquina, “segue apurando o caso”. O Ministério das Relações Exteriores afirmou, ainda, que familiares dele já solicitaram apoio.

O brasileiro vive em Cubatão, onde é autônomo e trabalha como mecânico de carros. Familiares ouvidos pelo G1, e que não quiseram se identificar, se mostraram consternados e constrangidos com toda a situação. Um parente dele acredita que o homem tenha sido vítima de “alguma armação”.

O advogado de Oliveira no Brasil, Danilo Pereira, também confirmou a prisão, mas preferiu não detalhar qualquer informação, para “não atrapalhar os rumos do processo”. O defensor, que deverá viajar ao Marrocos, afirmou que o cliente não possui ligação com organizações criminosas, e que também não tem passagem criminal. Globo.

.

.

Ibicuí: Acusado de assassinar a jovem Aléxia é preso pela polícia militar

.

.

Na tarde desse domingo (11), após uma denúncia anônima, a Polícia Militar de Ibicuí efetuou a prisão de Juarez de Jesus, acusado de assassinar na tarde de ontem (10), a facadas, a jovem Aléxia Santos.

Segundo informações, durante o enterro da jovem, houve uma gritaria fora do cemitério de algumas pessoas clamando por justiça. Foi um momento intenso no qual as pessoas choravam tristes com a morte da jovem, Porém sentiam-se aliviadas em saber que este não seria mais um crime sem resolução no município.

.

.

Desde o primeiro momento que ficou sabendo do assassinato, a Polícia Militar de Ibicuí se mobilizou na busca pelo acusado e, ainda ontem (10) e no início de hoje (11), já estava nas ruas da cidade e no meio cidade à procura do suspeito, até receberem a denúncia de onde este estava. A polícia então se dirigiu ao local, surpreedendo o mesmo, que estava escondido na casa de um irmão de criação, próximo ao cemitério municipal e o prendeu bem na hora que a vítima era sepultada.

A população ibicuiense, por meio das redes sociais, parabenizou a Polícia Militar e demais autoridades que se mobilizaram no caso.

Assista vídeo do momento em que a polícia fazia o retorno do carro, já com o assassino aprisionado. Iguaí Mix

Tragédia: Homem mata funcionária do G Barbosa, vai para um motel e comete suicídio

.

.

O homem suspeito de matar a ex-companheira, Patrícia de Jesus Meneses, de 33 anos, com um tiro no rosto, no estacionamento do Centro de Distribuição da rede de supermercados G. Barbosa, na BR-235, na tarde desta terça-feira (6), foi encontrado morto em um motel localizado próximo ao local do crime.

O Instituto Médico Legal (IML) recebeu o chamado para recolher o corpo no início da noite. Segundo a polícia, o suspeito, identificado como Alan Meneses, cometeu suicídio. Um revólver foi encontrado ao lado do corpo. O Instituto de Criminalística foi encaminhado até o local. A suspeita é que ele entrou no motel logo depois de matar a ex-companheira. Na tarde desta terça-feira (6), um homem matou a tiros a ex-companheira, no estacionamento do Centro de Distribuição da rede de supermercados G. Barbosa, na BR-235, em Nossa Senhora do Socorro (SE).

Segundo a polícia, o homem chegou ao local pedindo para falar com a ex-companheira e foi autorizado por ela para entrar na unidade, onde efetuou os disparos e fugiu em seguida. Ainda de acordo com a polícia, rondas foram realizadas nas imediações.

No final da tarde, o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo da vítima e levou para a sede do instituto, no Bairro São José, em Aracaju (SE), onde vai aguardar os familiares para fazerem o reconhecimento e a liberação. A assessoria de comunicação da Cencosud Brasil, dona da rede de supermercados G. Barbosa, emitiu uma nota no início da noite de hoje lamentando a morte da funcionária.

“É com pesar que a Cencosud Brasil informa que sua colaboradora, de prenome Patrícia, foi vítima de um homicídio no estacionamento do escritório, localizado em N. Sra. Socorro/SE, na tarde desta terça-feira, 6 de fevereiro. A empresa se solidariza com a família e encontra-se à disposição das autoridades para cooperar com as investigações”, informa a nota. TV Sergipe.

vida plena

ped miau au au

loterias

a fazendinha

emerson gas

granja bella vista

sam fitness

educandario ferraz

super pop modas

charmes esportes

tropical modas

supermercado carisma

danny disk gelada

jamille lanches

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia