WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2021
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
pizzaria garoto senna

pro corpo academia

andressa fashion hair

mercadinho delta

drogaria saude farma

genilson reis fotografia

alianca variedades

casa de carnes alianca

softsky informatica

hn informatica
Sorry, there are no polls available at the moment.


:: 31/ago/2021 . 9:11

Itabuna: Acusada de matar namorados, “Viúva Negra” começa a ser julgada nesta terça-feira

;

;

Uma mulher acusada de matar dois namorados por envenenamento em Itabuna, no sul da Bahia, começa a ser julgada nesta terça-feira (31), no fórum local. Wane Brenda Gonçalves de Oliveira, que ficou conhecida como “Viúva Negra”, é suspeita de assassinar Evandro Bomfim de Sousa e Edvaldo Araújo Alves. Ela está presa desde 11 de junho de 2018.

De acordo com a polícia, os dois homens foram mortos por envenenamento por “chumbinho”. As investigações apontaram Brenda Gonçalves como autora dos crimes. A primeira vítima da “Viúva Negra” foi Edvaldo Araújo, que se sentiu mal no final da noite de 16 de abril de 2017.

Pálido, contorcendo-se e suando muito, Edvaldo chegou ao Hospital de Base de Itabuna em um táxi, levado pela namorada com quem vivia há um ano, acompanhada por um sobrinho e um cunhado da vítima. Edvaldo ainda foi reanimado, mas morreu pouco tempo depois no Hospital de Base.

CIUMENTA E POSSESSIVA

A polícia informou que a família da vítima tinha dúvidas sobre a causa da morte, pois a namorada era ciumenta e possessiva. Edvaldo queria o fim do namoro. A família, conforme a polícia, não tinha provas de que a morte tinha sido provocada por Brenda. Por suspeita neste crime que a “Viúva Negra” começa a ser julgada nesta terça-feira.

As investigações apontam que logo após a morte Edvaldo Araújo, Wane Brenda engatou outro namoro. O escolhido da vez foi Evandro Bomfim de Sousa, que viria a ser a segunda vítima da “Viúva Negra”. Evandro passou mal ao ingerir medicamento dado por Brenda em 12 de novembro de 2017, sete meses depois da morte de Edvaldo, conforme a polícia.

Evandro passou mal e foi encaminhado para o pronto-atendimento do Hospital Calixto Midlej Filho, também em Itabuna. Chegou vomitando e suando muito, segundo testemunhas. O médico disse que Evandro apresentava sintomas de envenenamento. A vítima passou por lavagem estomacal.

.

.

.

.

TESTE TOXICOLÓGICO CONFIRMOU ENVENENAMENTO

Evandro deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) quatro dias depois, quando foi transferido para apartamento. Próximo de receber alta médica, ele teve uma parada cardíaca. A equipe médica tentou reanimação e colocou uma sonda gástrica, “por onde saía um material escuro parecido com chumbinho”.

Ele retornou para o CTI e teve morte cerebral confirmada no dia 28 de novembro de 2017, tendo parada cardíaca em 3 de dezembro daquele ano. O teste toxicológico confirmou o que se suspeitava. Evandro havia sido vítima de envenenamento por chumbinho.

Depois da comprovação de que Evandro faleceu por envenenamento, informa a polícia, as famílias das duas vítimas se juntaram para investigações, sendo instaurados dois inquéritos policiais para apurar as circunstâncias das mortes de Edvaldo e Evandro. Após exumação do corpo de Edvaldo e coleta de amostra, os exames deram positivo para envenenamento. Pimenta.

Itororó: Secretaria de Saúde está vacinando jovens entre 12 e 17 anos com ou sem comorbidades

.

.

Teve início nesta segunda-feira, 30, a vacinação do público mais jovem contra a Covid-19, desde o início da pandemia. Em Itororó, neste momento, jovens entre 12 e 17 anos já começam a ser vacinados, ampliando ainda mais o público-alvo da campanha no município e afastando cada vez mais os riscos de contaminação.

A partir desta segunda, de forma escalonada, os jovens receberão a primeira dose da vacina e, progressivamente, diminuindo a faixa etária destes à medida que cada idade seja devidamente imunizada. A pretensão da Secretaria de Saúde é vacinar o mais breve possível um público cada vez mais jovem, atingindo a faixa etária mínima dos 12 anos de idade.

A secretária de saúde Ana Paula Rios falou da importância desse novo momento da Pandemia, onde os jovens passam a ser vacinados de maneira escalonada.

 

Bahia: Delegado que deu “sumiço” em aparelho eletrônico é demitido da polícia civil

.

.

A SSP da Bahia publicou a demissão do delegado Nilo Ebrahim Ribeiro Bonfim, na edição de quarta-feira (25) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Em nota enviada ao Bahia Notícias, a Polícia Civil informou que a perda do cargo público foi motivada por um “desvio de conduta funcional”. Segundo a PC, o policial violou um domicílio sem autorização judicial e ainda realizou a apreensão irregular de um aparelho eletrônico, que posteriormente desapareceu.

Em 2017, quando era titular da Delegacia Territorial (DT), de Pindaí, no Sudoeste do estado, Nilo Ebrahim foi preso por suspeita de associação ao tráfico de drogas, venda de inquéritos, peculato, entre outros crimes, que teriam sido praticados quando o delegado ainda era titular da DT/Carinhanha, em 2016.

Empresário é sequestrado no sul da Bahia. Bandidos pedem 1,5 milhão pelo resgate

.

.

Policiais do sul e sudoeste da Bahia estão mobilizados para tentar localizar um empresário sequestrado, na manhã de domingo (29), na Fazenda Jardineira, em Aurelino Leal, no sul da Bahia. O veículo, uma Toyota Hilux, placa RCX 3C36, de propriedade da vítima, foi encontrado na zona rural de Jaguaguara, na região de Jequié, no sudoeste do estado.

De acordo com testemunhas, os bandidos invadiram a fazenda, amarraram três trabalhadores e levaram o empresário João Coutinho, que teria tentado escapar, mas acabou dominado e levado. A polícia informou que os marginais deixaram um aparelho de celular na propriedade, com os trabalhadores, e informaram que pediriam um resgate de R$ 1,5 milhão para libertá-lo.

João Coutinho foi cercado pelos bandidos logo depois que concluiu a contagem do gado na Fazenda Jardineira, por 11h30min. O veículo foi encontrado abandonado, no sudoeste da Bahia, horas depois do empresário ser levado. Até as 12h de hoje os sequestradores não tinham feito contato com família da vítima.

O delegado Marcos Larocca disse que o empresário, dono de propriedades em Aurelino Leal e Ubaitaba, há três anos foi vítima de assalto. Na época, os bandidos levaram R$ 148 mil. Qualquer informações sobre os bandidos e o paradeiro do empresário podem ser repassadas à polícia pelo telefone 181. //Pimenta

hsc empresarial

saae

imoveis imonelli
hamburgueria jamille

ligmax

clinica bem estar

atacadao farma

unicesumar

ccaa

carne de sol gomes

sam fitness

charmes esportes

jamille lanches


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia