WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


Sorry, there are no polls available at the moment.
maio 2019
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
carne de sol gomes mercadinho

floema

allyf calcados

unibf faculdade

pizzaria garoto senna

pet shop miau au au

mercadinho delta

V&JC instalacoes eletricas

leo gas

alianca variedades

casa de carnes alianca

lava rapido pit stop

softsky informatica

tecnet

guri polpas

academia pro corpo

hn informatica


:: 16/maio/2019 . 12:28

Conquista: Mulheres detalham os assédios que sofreram de médico; assista a reportagem da TV Uesb

.

.

 

MP aponta indícios de lavagem de dinheiro nas transações de Flávio Bolsonaro

.

.

Ao justificar o pedido de quebra do sigilo bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) apontou indício de lavagem de dinheiro nas atividades do parlamentar. 

Os promotores afirmam que, entre 2010 e 2017, o então deputado estadual lucrou R$ 3,089 milhões em transações imobiliárias em que há “suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas”. O MP-RJ analisou que, ao longo desse período, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) investiu R$ 9,425 milhões na compra de 19 imóveis, faturando mais no mercado imobiliário do que como deputado. 

De posse do documento, a Veja revelou que o MP afirma que a suposta fraude pode ter ocorrido para “simular ganhos de capital fictícios” que encobririam “o enriquecimento ilícito decorrente dos desvios de recursos” da Assembleia Legislativa do Estado, a Alerj. 

Como exemplo disso, os promotores citam casos de valorização excessiva de imóveis comprados por Flávio. Por exemplo, em 27 de novembro de 2012, ele adquiriu um apartamento na Av. Prado Júnior, em Copacabana, no Rio, por R$ 140 mil. Já em fevereiro de 2014, ele vendeu o imóvel por R$ 550 mil, o que representa um lucro de 292%. No entanto, segundo o MP, o índice Fipezap, que é utilizado no mercado imobiliário, indica que a valorização de imóveis do bairro ficou em 11% naquela época. 

Outro caso parecido ocorreu com o arremate de um imóvel na Rua Barata Ribeiro, também em Copacabana. Flávio adquiriu o imóvel por R$ 170 mil em novembro de 2012. Já em 2013, ele vendeu o mesmo empreendimento por R$ 573 mil, um lucro de 237%. Porém, o índice de valorização na área não passou de 9%.

Assim, os promotores concluem que os valores declarados para a compra foram inferiores ao mercado e os da venda, superiores.

Flávio entrou na mira do órgão de Justiça após um relatório do Coaf apontar indícios de devolução dos salários dos servidores de seu gabinete na Alerj. O senador nega as acusações e afirma que a quebra de sigilo solicitada pelo MP é ilegal (veja aqui).

Ilhéus: Secretário Municipal é preso em operação da polícia federal

.

.

O ex-vereador e atual secretário de Agricultura e Pesca de Ilhéus, no sul da Bahia, Valmir Freitas, está entre os três presos durante a “Operação Xavier”, deflagrada nesta quarta-feira (15) na cidade. Com a prisão, ele foi afastado temporariamente do cargo na prefeitura, segundo informou a gestão municipal.

Coordenada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), a ação teve como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara de Vereadores de Ilhéus. Além de Valmir Freitas, dois empresários foram presos.

Os três tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos durante a ação. Outras quatro pessoas, que também tinham mandados de prisão, estão foragidas. Um vereador e sete servidores da casa legislativa foram afastados.

A operação foi deflagrada no início da manhã. Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) e da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), atuaram na ação.

Além do cumprimento dos três mandados de prisão, os agentes também cumpriram dez de busca e apreensão, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal de Ilhéus. O material, contando com celulares e documentos, foi encaminhado para o MP. CONFIRA MATÉRIA COMPLETA NO G1

shekinah pousada restaurante

danny disk gelada

unicesumar

plena saude

paulinho construcao

otica liz

carne de sol gomes

sam fitness

charmes esportes

tropical modas

supermercados compre aqui

jamille lanches

associacao seguranca guardioes

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia