WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vida plenacentral das bebidasjunior moveis e eletros clinica bem estar


ITORORÓ: ELEITOR - QUAL SERIA O MELHOR HORÁRIO PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

View Results

Carregando ... Carregando ...
abril 2019
S T Q Q S S D
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
casa de carnes novilho de ouro

pizzaria garoto senna

leo gas

acougue gomes

farmacia dias

lava rapido pit stop

tecnet

guri polpas

academia pro corpo

alianca cosmeticos variedades

hn informatica


:: 3/abr/2019 . 11:22

Jovens são acusadas de racismo ao destratar funcionário do Bob’s

.

.

Desde a madrugada desta terça-feira, 2, anda circulando nas redes sociais um vídeo de duas clientes da lanchonete Bob’s destratando um funcionário que fazia a limpeza no chão do estabelecimento.

Nas imagens, é possível ver uma das jovens, identificada como Júllia Rodrigues, e uma amiga dela – Thaís Araújo -, filmando um rapaz, que é negro, enquanto gritavam: “Isso mesmo, limpa pra eu ver” e “lambe o chão”.

Após a repercussão negativa da gravação, Jullia publicou outro vídeo dizendo que “não era porque o menino era preto, não, porque ainda tem pretos bonitinhos, mas ele é um preto feio horroroso”. Ela ainda fez menção ao órgão sexual do rapaz e disse que ela e a amiga fizeram um “auê no trabalho do garoto”.

Não demorou muito para que as meninas começassem a ser acusadas de racismo pelos internautas. Alguns, inclusive, exigiram que ambas sejam punidas.

Enquanto Jullia excluiu a conta que mantinha no Instagram, Thais usou a rede social para se posicionar sobre o que aconteceu. Segundo relato, ela afirmou que namorou o rapaz por seis anos e, apesar de admitir que agiu de forma errada, não considera sua atitude como um ato racista.

“Eu namorei com esse rapaz durante seis anos da minha vida. São seis anos com ele, não foram quatro dias, não foi uma semana. Eu conheço ele há oito anos. Não é qualquer coisinha não. Ele sabe que não sou racista. Ele está ciente disso. O mesmo sabe que eu sempre lutei contra isso. Qualquer coisinha eu já fazia um “auê”. Eu realmente tomei decisões naquele dia que não foram legais, atitudes horríveis. Por isso estou pedindo desculpas a ele, estou pedindo desculpas para quem se ofendeu, para quem está tomando as dores”, disse.

A jovem comentou ainda que no dia em que o caso ocorreu “estava fora de si” e ressaltou que o rapaz não foi demitido por conta do caso, como foi compartilhado na internet: “E não adianta falar agora que não adianta mais. Adianta sim. Quando você se arrepende do que fez, você é perdoado. Eu estou arrependida e quero que isso acabe. Não me mandem mais mensagens. Eu não vou acabar com as minhas redes sociais, eu não fui racista”.

Ao jornal “Extra”, o Bob’s informou que “repudia qualquer tipo de discriminação ou assédio e lamenta que cenas como essa, até hoje, ainda sejam vistas nas relações entre pessoas. O funcionário segue trabalhando normalmente na empresa, sendo inverídicas as declarações de desligamento dele. Para preservar sua privacidade, o Bob’s não divulga o local do ocorrido, mas está à disposição para qualquer esclarecimento na apuração dos fatos”.

Assista ao momento abaixo:

Pai é preso por estuprar filha desde os 7 anos de idade – ele tratava a criança como sua esposa

.

.

Uma guarnição do PETO 83ª CIPM prendeu um homem que é acusado de abusar sexualmente da filha de 12 anos, além de maus tratos com outras três crianças no Bairro São Miguel, em Barreiras. A criança de 12 anos afirmou que estaria sendo abusada sexualmente desde os sete anos de idade pelo pai, que a tratava como esposa.

A criança relatou que o pai era muito ciumento, não permitindo acesso dos filhos a outras pessoas. O único acesso seria a escola da qual o homem a deixava e buscava com os outros irmãos de 10, 06 e 05 anos de idade. A menina relatou que, por causa dos ciúmes do pai, ela era agredida verbalmente e

fisicamente. A menor era obrigada a tomar anticoncepcional para evitar uma possível gravidez. Os quatros menores viviam em uma situação desumana na casa.

A mãe das crianças os teria abandonados a cerca de cinco anos e não se sabe o paradeiro dela. Os policiais acionaram o Conselho Tutelar e a a Polícia Civil. Identificado como André Pereira Freitas, o pai foi preso em flagrante próximo a uma creche clandestina no Bairro JK, onde se encontravam os menores.

As crianças foram encaminhadas provisoriamente a um abrigo que não foi divulgado. Fonte: Mais Oeste.

Edital de Convocação para eleição da mesa diretora da Associação Idealista de São José

.

.

Itororó: Targino Gondim é atração confirmada para show no Bandeirão Eventos dia 03 de maio

.

.

Emplacando mais um show do projeto “Targino sem Limites Lounge”, o forrozeiro Targino Gondim vai se apresentar no Bandeirão Eventos, no dia 03 de maio em um show empolgante, marcando mais uma passagem do artista por Itororó. Vão se apresentar também Marcos Reys e Neto Nunes. Targino promete um show inesquecível.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia