WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
casa bellame construtorajunior moveis e eletros clinica bem estarpet love


ITORORÓ: ELEITOR - QUAL SERIA O MELHOR HORÁRIO PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

View Results

Carregando ... Carregando ...
abril 2017
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
tecnet

guri polpas

leo divulgacoes

nova casa

academia pro corpo

acougue gomes

alianca cosmeticos variedades

farmacia dias

hn informatica


:: 19/abr/2017 . 11:13

Bandeira do Colônia: Coelba desliga energia elétrica de 60 casas no Loteamento Santa Fé

.

.

Em cumprimento a uma determinação da Coelba – Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia funcionários do órgão desligaram na manhã desta quarta-feira, 19, a energia elétrica de cerca de 60 casas no Loteamento Santa Fé, próximo a Fazenda Realeza em Bandeira do Colônia, distrito de Itapetinga.

.

.

.

.

.

.

A interrupção de energia ocorreu em todo o Loteamento da Fazenda Realeza e se estendeu a alguns lotes e casas da Rua 02 Irmãos. Segundo informações, os moradores utilizam a energia elétrica dos postes da Rua 02 Irmãos, pois, a rede de energia da Fazenda Realeza ainda não foi ligada. A população aguarda um posicionamento tanto da prefeitura municipal quanto dos responsáveis dos Loteamentos.

Informações do Blog Itororó Já

Bahia: Justiça Federal proíbe a Oi de vender banda larga Velox “casada” à telefonia fixa

.

.

A Justiça Federal de Itabuna (BA) determinou liminarmente que a Oi deixe de praticar a “venda casada” de seu serviço de banda larga (Oi Velox) e de telefonia fixa.

Foi determinado também que a Anatel deve fiscalizar a empresa e cobrar medidas que impeçam essa prática. A liminar foi expedida a pedido do Ministério Público Federal (MPF) Polo Ilhéus/Itabuna. Segundo a decisão, que acata os pedidos formulados na ação ajuizada em setembro de 2016 pelo MPF, a empresa de telecomunicações deve cessar, no prazo de 60 dias a contar da sua intimação, a venda casada do Oi Velox com qualquer outro produto da empresa, em especial o serviço de telefonia fixa. Para garantir a operacionalização da medida, a Justiça determinou que a Anatel cobre permanentemente da Oi a adoção de medidas que impeçam e corrijam a prática abusiva, fiscalizando a empresa e impondo as sanções cabíveis.

A prática, considerada ilegal e abusiva e vedada pelo Código de Defesa do Consumidor e pela Resolução 632/2014 da Anatel, foi atestada pelo MPF a partir de consulta ao site da Oi, em investigações nos seus postos de atendimento e por meio da simulação de contratação do serviço de Internet por meio do chat da empresa.

Segundo o procurador da República Tiago Rabelo, “a Oi continuou a realizar a venda casada mesmo depois de reiteradas penalidades que lhe foram aplicadas, e a Anatel permaneceu omissa, compactuando com o descumprimento da lei”. O MPF segue monitorando o cumprimento das medidas liminares impostas pela Justiça e, caso descumpridas, pedirá a aplicação de multa e adotará demais providências cabíveis. // Convergecom.

.

.

sam fitness

educandario ferraz

super pop modas

charmes esportes

tropical modas

supermercado carisma

danny disk gelada

jamille lanches

leophoto


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia